Sua gravidez, semana a semana

Sua gravidez, semana a semana2 semanas3 semanas4 semanas5 semanas6 semanas7 semanas8 semanas9 semanas10 semanas11 semanas12 semanas13 semanas14 semanas15 semanas16 semanas17 semanas18 semanas19 semanas20 semanas21 semanas22 semanas23 semanas24 semanas25 semanas26 semanas27 semanas28 semanas29 semanas30 semanas31 semanas32 semanas33 semanas34 semanas35 semanas36 semanas37 semanas38 semanas39 semanas

Cansaço e sono na gravidez

Ponto principal: o cansaço e o sono avassalador são muito comuns no começo da gravidez. Descanse e durma o máximo que puder.

Por que estou tão cansada, agora que fiquei grávida?

Você não está sozinha! A gravidez sobrecarrega todo o seu corpo, daí o cansaço. O sintoma de que as mulheres mais se lembram do começo da gravidez é a constante sensação de exaustão. Até quem costuma ficar acordada até tarde de repente se vê tendo de fazer força para manter os olhos abertos diante do programa preferido na TV, à noite, ou mesmo no cinema.

Ao longo de toda a gestação, mas principalmente no primeiro trimestre, seu corpo trabalha duro. Você está fabricando a importantíssima placenta, o sistema que sustentará o seu filho. Esse processo só será concluído no final do primeiro trimestre.

Seus níveis hormonais e seu metabolismo estão mudando rápido, e ao mesmo tempo as taxas de açúcar no sangue e a pressão tendem a cair. Tudo isso contribui para a sensação de cansaço.

Quanto tempo o cansaço e o sono vão durar?

Cada pessoa é diferente, mas nas grávidas o cansaço costuma ser maior no primeiro trimestre e no começo do segundo trimestre. O bom é que lá pela metade do segundo trimestre você deve sentir uma injeção de energia, suficiente para durar até o terceiro trimestre. É o momento ideal para aproveitar a gravidez e tomar conta de todos os preparativos para a chegada do bebê. Depois do sétimo mês, seu nível de energia deve começar a cair novamente.

O que posso fazer?

  • Ouça o que seu corpo está pedindo: Tente tirar sonecas sempre que puder, e faça de tudo para ir para a cama cedo. No trabalho, fechar os olhos por alguns minutos já faz diferença, se você tiver a sorte de ter algum lugar onde possa descansar um pouco, aproveite. Algumas grávidas apelam até para um descanso rápido dentro do carro, se ele estiver num estacionamento seguro, ou para um descanso instantâneo de cinco minutos no banheiro mesmo.
  • Tente adaptar seu cotidiano: Veja se existe a possibilidade de mudar seu horário para escapar do trânsito mais pesado ou do calor. Se já tem filhos, aceite ajuda de outras pessoas para tomar conta deles, para que você possa descansar um pouco e dormir.
  • Tome cuidado com a alimentação: Você vai precisar de cerca de 300 calorias extras por dia e não estamos falando de chocolate. Uma dieta saudável, composta de legumes, verduras, frutas, grãos integrais, leite desnatado e carnes magras vai lhe dar a energia de que você tanto precisa; comidas gordurosas e doces demais, por outro lado, acabam sabotando sua disposição.
  • Aguente firme e tenha paciência: Logo você estará no segundo trimestre e voltará a ter energia. A maioria das mulheres acha o período entre o quarto e o sétimo mês o melhor de toda a gravidez, em que se sentem ótimas. Não se esqueça de que fabricar um bebê é um trabalho e tanto, portanto, se achar que precisa dormir, faça de tudo para arranjar tempo e fechar os olhos, nem que só por alguns minutos.

Concepção

Tudo começa cerca de duas semanas depois do início da menstruação, quando a mulher ovula, dando a chance para um espermatozoide alcançar o óvulo. Veja detalhes na figura abaixo:

2 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Por mais estranho que pareça, seu médico vai calcular a data provável do parto (e a idade gestacional do bebê) contando desde o primeiro dia do sua última menstruação.

Como é difícil saber exatamente quando você está ovulando, e portanto o dia exato em que o espermatozoide fertilizou o óvulo, os especialistas costumam usar o último ciclo menstrual como ponto de partida para contar os nove meses seguintes.

Isso quer dizer que a primeira semana “oficial” da sua gravidez é na verdade a semana em que você ficou menstruada. Assim, a idade gestacional é a idade real do bebê mais duas semanas.

Durante a segunda semana, como acontece todos os meses, na preparação do corpo para receber uma nova vida, o estrogênio faz com que o útero seja revestido por uma espessa camada de tecido, bem irrigada de sangue.

O aumento na liberação de progesterona prepara o útero para sustentar um possível óvulo fertilizado. Ao mesmo tempo, nos ovários, os óvulos amadurecem dentro dos folículos, que são bolsas cheias de líquido. Nesse curto período de preparação do corpo, a concepção pode ocorrer, quando o espermatozoide chega até o óvulo.

Cerca de duas semanas depois do primeiro dia da menstruação, o óvulo é liberado. Entre as 12 e as 24 horas seguintes, aquele óvulo poderá ser fertilizado se um dos 350 milhões de espermatozoides (a média de uma ejaculação) conseguir nadar todo o trajeto até a tuba uterina, passando pela vagina e atravessando o útero, para entrar no óvulo.

Logo depois de ser fertilizado, o óvulo, que agora se chama zigoto, fecha sua membrana exterior para o resto dos 250 espermatozoides (em média) que também haviam conseguido chegar até ele.

Em seguida começa a se dividir em células idênticas, ao mesmo tempo em que vai descendo pela trompa de Falópio até o útero, onde continuará a crescer. Por pelo menos duas semanas, você provavelmente nem vai saber que está grávida, embora haja mulheres que afirmem ter sentido qual foi o momento exato da concepção.

3 semanas de gravidez

Será que já tem alguma coisa acontecendo dentro do útero? Na verdade, muita! Neste momento, seu futuro bebê é uma minúscula bolinha formada por centenas de células que se multiplicam freneticamente. Quando essa bola de células (chamada blastocisto) se assentar em seu útero, a parte dela que se transformará na placenta vai começar a produzir o hormônio da gravidez (gonadotrofina coriônica humana, hCG). Veja mais detalhes na figura abaixo.

Desenvolvimento fetal

Esse hormônio avisa aos ovários para pararem de liberar óvulos e provoca um aumento da produção de estrogênio e progesterona (que impedem o útero de “descascar” sua parede e estimulam o crescimento da placenta). O hCG é também o hormônio que leva aos testes de gravidez positivos.3 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Quando posso fazer o teste de gravidez?

O momento ideal para fazer o teste de gravidez depende de que tipo de exame você vai fazer. Há dois tipos: o teste de farmácia, que é feito com a urina, e o exame de sangue.

Os dois são eficazes porque medem a quantidade do hormônio gonadotropina coriônica humana (hCG), que só é produzido no corpo durante a gravidez, exceto em casos raros (determinados medicamentos para a fertilidade contêm o hormônio, por exemplo).

Os testes de gravidez de farmácia detectam a presença de hCG na sua urina. Dependendo da marca, um teste pode ser mais sensível que o outro. Os mais sensíveis conseguem detectar níveis de 20 IU/l de hCG na urina (outros detectam a partir de 50 IU/l).

Infelizmente, as embalagens dos testes vendidos nas farmácia não costumam especificar a sensibilidade do exame. Os testes mais sensíveis normalmente são mais caros, mas isso não é necessariamente regra.

Com os testes de farmácia mais sensíveis, é possível detectar a gravidez cerca de 12 dias depois da ovulação, ou seja, alguns dias antes de o atraso menstrual acontecer. O mais garantido, porém, é fazer o exame pelo menos a partir do primeiro dia de atraso (cerca de 14 dias depois da ovulação).

Se der positivo, de acordo com as instruções do teste, é praticamente certo que você está grávida. Se der negativo, talvez ainda possa estar. Pode ser que ainda não haja quantidade suficiente de hCG na urina para ser detectada pelo teste. Os níveis de hCG dobram a cada dois ou três dias, portanto, se a menstruação não aparecer, espere alguns dias e tente de novo.

O exame de sangue para detectar a gravidez pode ser de dois tipos: qualitativo ou quantitativo. O qualitativo diz apenas se você está ou não grávida (negativo ou positivo), como no teste de farmácia. O quantitativo mostra exatamente a concentração do hCG no sangue (os exames de sangue medem a subunidade beta do hCG, por isso às vezes são conhecidos apenas como “beta”). Os exames consideram grávida a mulher que tenha pelo menos 25 IU/l de hCG no sangue.

Se possível, peça para fazer o quantitativo, pois a informação sobre a quantidade de hormônio pode ser útil para seu médico.

O ideal é que o exame de sangue seja receitado pelo médico, mas boa parte dos laboratórios faz o exame mesmo sem pedido médico. O exame de sangue é mais preciso porque independe de outros fatores como a concentração da urina, por exemplo, nos testes de farmácia. Ele pode detectar a gravidez a partir de cerca de 12 dias depois da ovulação.

Atenção: Lembre-se de que cada organismo funciona no seu ritmo, e que quase sempre é impossível determinar o dia exato da ovulação. Pode ser que naquele mês você tenha ovulado mais tarde, e então a fabricação do hormônio, em caso de gravidez, também acontecerá mais tarde. Se a menstruação não vier, aguarde mais alguns dias e tente de novo. E não deixe de marcar uma consulta com seu ginecologista.

4 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Você já fez um teste de gravidez? É provável que suspeite que algo “diferente” está acontecendo dentro de você. Algumas mulheres conseguem sentir que estão grávidas, e outras simplesmente apostam porque sabem que, pelas datas das relações sexuais naquele mês, havia boas chances de vir bebê por aí.

De qualquer modo, ao final desta semana já dá para confirmar a gestação através dos testes.

Dentro de você, as células que se dividem sem parar no seu útero, agrupadas numa bolinha, são agora um embrião, mais ou menos do tamanho de uma semente de papoula. As próximas cinco semanas são especialmente importantes para o desenvolvimento do bebê.

A placenta e o cordão umbilical ainda são rudimentares, mas já funcionam para levar oxigênio e nutrição para seu filho.

Desenvolvimento fetal

O aglomerado de células, agora chamado embrião, que está crescendo dentro do seu útero é do tamanho de um caroço de maçã. Ele se divide em camadas, que mais tarde vão formar órgãos e tecidos. Veja detalhes na imagem abaixo:4 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O tubo neural a partir de onde vão brotar o cérebro, a espinha dorsal, a medula espinhal e os nervos se desenvolve na camada superior. O coração e o sistema circulatório começam a aparecer na camada do meio. Ao mesmo tempo, já estão funcionando uma primeira versão da placenta as vilosidades coriônicas, e o cordão umbilical, que leva nutrientes e oxigênio para o bebê.

Se você ainda não confirmou a gravidez, pode fazer um teste de farmácia ou um exame de sangue para detectar a presença do hormônio da gravidez, o BhCG. Há também outros sinais que mostram que você pode estar grávida.

Como fica sua vida

Com a gravidez confirmada, o melhor a fazer é agendar uma consulta médica o quanto antes para iniciar o pré-natal. Se você acabar descobrindo que não está grávida, não desanime e continue tentando.

Pode parecer estranho, mas este é um bom momento para pensar em fazer exercícios. A atividade física aumenta seu tônus muscular e a deixa mais forte e resistente.

Ajuda também a sustentar o peso extra que você vai ganhar (ou a evitar que você engorde demais se já está acima do peso ideal), deixa você em boa forma para o trabalho de parto e colabora para que você recupere mais rápido a silhueta que tinha antes de engravidar.

Escolha uma atividade segura e moderada, mas de que você goste: não tem problema fazer caminhadas e nadar durante a gravidez. Muitos médicos recomendam a hidroginástica.

Sangramentos de início

Após a fecundação, quando o bebê ainda é muito, muito pequeno, ele entra no útero através das trompas e lá se firma ou se “implanta” para que comece a crescer a placenta. Durante o processo, algumas veias podem acabar se rompendo, causando um ligeiro sangramento.

Estas pequenas perdas de sangue no comecinho da gravidez são conhecidas como sangramento de implantação, e algumas mulheres nem se dão conta do que está acontecendo, já que elas aparecem mais ou menos na época esperada da menstruação.

Tudo isso é normal e, geralmente, não há motivos de preocupação, mas, se você tiver um sangramento intenso, não deixe de procurar orientação médica.

5 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Pode nem parecer que você está grávida (talvez você nem tenha sintomas), mas seu bebê está crescendo rápido. Esta semana o coraçãozinho começa a bater, embora nesta fase o embrião tenha mais a aparência de um girino que de um ser humano.

Os principais órgãos, como os rins e o coração, estão se desenvolvendo, e o tubo neural, que liga o cérebro à medula espinhal, se fecha. Neste momento é fundamental que você tome um suplemento de ácido fólico, uma substância que ajuda a prevenir defeitos do tubo neural. Converse com seu médico para pedir mais orientações sobre a dose certa para você.

Nas primeiras semanas de gravidez, muitas mulheres sentem um certo temor com a perspectiva de virar mãe, ficam cheias de dúvidas e até de sentimentos conflitantes em relação ao próprio bebê.

Fique tranquila porque isso é absolutamente normal e você terá bastante tempo pela frente para se acostumar com a ideia e se preparar da melhor forma possível para receber seu filho com todo o amor.

Desenvolvimento fetal

Pode ser que você ainda não pareça nem um pouco grávida, mas o coração do seu embrião já começou a bater e a bombear sangue. Veja mais detalhes na imagem abaixo:

5 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O coração está se dividindo em câmaras e logo assumirá um ritmo mais regular. O embrião em si tem cerca de meio centímetro de comprimento e parece mais um girino que um bebê. Ele passará por um estirão esta semana.

Os órgãos principais, como os rins e o fígado, começam a crescer. O tubo neural, que liga o cérebro e a medula espinhal, vai se fechar esta semana. Começam a brotar os membros superiores e inferiores do embrião, botõezinhos que darão origem aos braços e às pernas do bebê. Os intestinos estão se desenvolvendo e o apêndice está no lugar.

Abaixo da abertura que mais tarde será a boca do seu bebê, há pequenas dobras onde o pescoço e a arcada inferior vão se desenvolver. Os traços faciais já começam a se desenvolver esta semana. As narinas se diferenciam e a primeira versão da retina, nos olhos, está em formação. Descubra de quanto ácido fólico você precisa.

Preciso tomar algum suplemento de ácido fólico na gravidez?

Sim, mulheres grávidas devem tomar um suplemento de ácido fólico assim que descobrem a gravidez, ou de preferência até antes de engravidar. É um comprimido pequeno, que não engorda e não tem efeitos colaterais, vendido baratinho nas farmácias ou distribuído em postos de saúde. O ácido fólico também pode estar presente em complexos vitamínicos especiais para grávidas.

Como fica sua vida

Grande parte das mulheres tem enjoos, um sono absurdo e vontade de fazer xixi a toda hora. Há mulheres que também sofrem de dor de cabeça no primeiro trimestre da gravidez. É tudo normal, e é tudo muito chato, mas a parte boa é que são coisas que fazem parte da gravidez, portanto não vão durar para sempre.

Por outro lado, não fique preocupada se não sentir nada disso. Existem muitas mulheres que não têm nenhum sintoma. Considere-se sortuda, e lembre que o principal sintoma você já teve (na maioria dos casos): a ausência de menstruação.

Há, porém, alguns sintomas da gravidez que nunca devem ser ignorados. Se você tiver algum dos sinais de perigo do princípio da gestação, procure ajuda médica imediatamente.

Se você tem mais de 35 anos e está preocupada com possíveis problemas genéticos, existem exames especiais para avaliar o bebê.

O exame de translucência nucal, feito por ultrassom, já é rotina para todas as mulheres, para detectar anormalidades. Já a biópsia do vilo corial é um exame mais complexo e invasivo, feito em determinadas situações no começo da gestação, para diagnosticar problemas genéticos.

Alimentação na medida

É importante se alimentar bem em todos os estágios da gravidez, para que a criança receba todos os nutrientes de que precisa. Refeições leves e frequentes, além da ingestão de líquido, podem ajudar a evitar a indigestão e a combater o enjoo e o cansaço. O melhor é comer alimentos bem variados, o que vale também para as vegetarianas.

Capriche na vitamina C, principalmente nesta fase em que as células do seu embrião se dividem e crescem a toda velocidade. Entre as boas fontes da vitamina estão as frutas e as verduras cruas. Não se esqueça de lavá-las bem antes de comer.

6 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Você não sente como se o coração estivesse crescendo de amor por seu filho a cada dia? Pois o seu não é o único que cresce: o do bebê aumenta continuamente, bombeando sangue para o resto do corpinho.

As células do embrião dividem-se sem parar, e ele já começa a se parecer mais com um bebê. Ao final desta semana, ele terá o tamanho de um feijãozinho. Se você pudesse enxergar dentro da sua barriga, veria uma cabeça bem grande e pontos escuros no lugar onde os olhos e as narinas estão começando a se formar.

Os primórdios das orelhas já aparecem, e os braços e as pernas lembram pequenos botões. As mãos e os pés são achatados, e até os dedos já estão se formando. O coração está dividido em câmara direita e esquerda, e bate ao ritmo de 150 batimentos por minuto mais ou menos o dobro do ritmo cardíaco de um adulto.

Desenvolvimento fetal

O embrião está do tamanho de um grão de lentilha esta semana. Se você conseguisse enxergar dentro da sua barriga, veria que o feto tem uma cabeça desproporcionalmente grande em relação ao corpo. Veja detalhes na figura abaixo:6 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Os traços faciais do embrião estão se formando, e há manchas escuras no lugar dos olhos, aberturas onde ficarão as narinas e pequenas saliências marcando as orelhas.

Os brotos do que no futuro serão os braços e pernas estão ainda mais evidentes. As mãos e os pés do embrião são achatados. Entre outras novidades estão o crescimento da hipófise e das fibras musculares.

Ainda não dá para ouvir, mas o coração (que está dividido nas câmaras direita e esquerda) está batendo ao ritmo de 150 batimentos por minuto – o dobro do seu ritmo cardíaco.

No meio desta semana, o embrião começa a se mexer. Mas não tem jeito, você terá de esperar até o segundo trimestre da gravidez para perceber as sessões de ginástica do seu bebê.

Como fica sua vida

As pessoas ainda não veem nenhum sinal das drásticas mudanças que estão acontecendo dentro de você, mas o sono e o enjoo podem atrapalhar sua vida, principalmente porque você pode ainda não ter contado no trabalho que está grávida.

Para compensar, descanse o mais que puder em casa e, ao mesmo tempo, tente incluir seu parceiro na gravidez. Trate dormir como uma prioridade, e fale com o médico se o enjoo estiver acabando com você ou se não conseguir segurar nada no estômago.

Você achava que as noites conturbadas só começavam quando o bebê nascesse? Muitas mulheres percebem que o sono já é afetado logo no começo da gravidez.

Às vezes a causa é física, o útero, que está crescendo, pressiona a bexiga, obrigando você a levantar para fazer xixi no meio da noite. Ou então seus seios podem estar doloridos e você não acha posição na cama, ou ainda você acorda de repente pronta para um ataque noturno à geladeira.

Abortos espontâneos

A maioria dos abortos espontâneos ocorre devido a algum erro de configuração cromossômica. A verdade é que o processo de formação de um bebê é bastante complicado e às vezes a natureza erra em alguma etapa.

Se você perguntar para as suas conhecidas, descobrirá que não é incomum que muitas mulheres já tenham sofrido abortos espontâneos sem você nem saber (e depois tenham também tido outras gestações absolutamente saudáveis).

Entre 15 e 20 por cento das gestações terminam em aborto espontâneo e, destas, mais de 80 por cento acontecem no primeiro trimestre. Embora isso não signifique de forma alguma que seja menos doloroso passar por uma experiência assim, é importante lembrar que ela está dentro da normalidade.

Se isso tiver acontecido com você, seu médico vai tratar dos aspectos físicos, mas ajuda conversar bastante com seu parceiro, que também vai estar muito abalado e com outras mulheres que passaram pela mesma experiência.

7 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Em tese seu bebê ainda é um embrião, porque tem os resquícios de uma pequena cauda, que vai desaparecer nas próximas semanas. Mas é a única coisa que vai diminuir.

O coração e o cérebro estão cada vez mais complexos. As pálpebras estão em formação, o nariz já desponta e os braços se dobram nos cotovelos.

Embora neste momento seja nada mais que uma bolinha, o bebê já se mexe bastante, mesmo sem você sentir. Isso vai mudar dentro de algumas semanas, quando ele for grandinho o suficiente para encostar nas paredes do útero. Aí sim você vai notar os primeiros movimentos do seu filho dentro de você.

Desenvolvimento fetal

O embrião, que agora tem 1,25 centímetro de comprimento, mais ou menos o tamanho de uma uva, desenvolveu os dedos da mão e do pé, ainda ligados entre si por uma leve membrana. É um feijãozinho que se mexe o tempo todo e que pula para lá e para cá. Veja detalhes na figura abaixo:7 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O fígado produz grandes quantidades de glóbulos vermelhos do sangue, até que a medula óssea se forme e assuma essa função.

A oitava semana marca o início de um estágio de desenvolvimento bastante movimentado. De agora até a 20a. semana, seu bebê vai crescer rápido, e as partes do corpo que se formaram nas primeiras semanas (como o coração e o cérebro) vão ficar mais especializadas e complexas.

Agora, os dentes e o palato estão se formando, e as orelhas continuam se desenvolvendo. A pele do feto é finíssima, e dá para ver claramente as veias.

Você está em pleno primeiro trimestre, a fase em que muitas mulheres reclamam das dores e dos incômodos comuns da gravidez. Talvez esteja quase impossível manter alguma coisa no estômago, graças aos enjoos, causados em parte pelos hormônios da gravidez que circulam pelo seu corpo.

É provável que você esteja precisando fazer xixi com muito mais frequência que o normal, seu útero está crescendo e pressionando a bexiga, e os hormônios estão afetando o equilíbrio dos líquidos do corpo. Tudo isso costuma ir melhorando conforme a gestação avança.

Como fica sua vida

Por fora, você não parece grávida. Talvez nem se sinta grávida. Seu útero, no entanto, está crescendo para acomodar o bebê, que está cada vez maior.

Antes da gravidez, o útero era do tamanho de um punho fechado. Agora, está do tamanho de um mamão papaia pequeno. Conforme ele vai crescendo, pode ser que você sinta um pouco de cólica e algumas fisgadas.

No comecinho da gravidez é comum as mulheres passarem por muitas mudanças de humor, uma hora estão extasiadas com o fato de estar grávidas, na seguinte estão chorando de medo do que vem pela frente.

As coisas mais bobas bastam para provocar as lágrimas, mas fique tranquila, tudo isso faz parte desta fase. A combinação de hormônios e o nervosismo com a gravidez e com o fato de virar mãe também pode resultar em sonhos intensos ou em insônia.

Tente relaxar, e dê a você mesma tempo para desacelerar, o que valerá como treino para os próximos meses. Os altos e baixos emocionais podem durar toda a gravidez, e mais algum tempo depois que o bebê nascer, portanto o melhor a fazer é admitir que às vezes você vai se sentir fragilizada, e que não há muito o que fazer senão esperar passar.

Gêmeos?

Os casos de gêmeos ou mais bebês ficaram bem mais comuns nos últimos tempos por causa dos tratamentos de fertilidade, cada vez mais frequentes e acessíveis. Ter gêmeos na família também aumenta as chances de uma gravidez múltipla.

Se você suspeita que está grávida de gêmeos (porque a barriga já está grande, por exemplo), poderá confirmar através de um ultrassom.

Existem dois tipos de gêmeos: os idênticos (quando somente um óvulo é fecundado pelo espermatozoide e depois ele se divide) e os fraternos (quando dois óvulos são fecundados por dois espermatozoides separadamente).

8 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

A pequena cauda que o bebê tinha está desaparecendo, e tantas mudanças já aconteceram que ele não é mais um embrião, mas oficialmente um feto. Este estágio é importantíssimo, porque é nele que os órgãos do bebê estão se formando.

Os braços cresceram e as mãos estão flexionadas nos pulsos, e se juntam sobre o coração. As pernas estão ficando mais compridas e os pés podem ser longos o suficiente para se juntar na frente do corpo.

Ainda é quase impossível, pelo exame de ultrassom, determinar se você está esperando um menino ou uma menina. Alguns laboratórios oferecem, no entanto, um exame de sangue que determina o sexo fetal a partir de 8 semanas de gestação, detectando a presença ou ausência de cromossomos Y no sangue da mãe. Esse tipo de exame não costuma ser coberto pelos planos de saúde.

Desenvolvimento fetal

Parabéns, seu embrião foi promovido a feto. Seu útero está crescendo para acomodar o novo hóspede, que agora mede em torno de 1,6 centímetro. Veja detalhes na figura abaixo:8 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Várias mudanças acontecem esta semana, a cauda embrionária desaparece e todos os órgãos, músculos e nervos estão começando a funcionar. As mãos já se flexionam no punho, e os pés começam a perder a aparência de pé-de-pato. As pálpebras começam a cobrir os olhos.

Sua silhueta também está mudando com a gravidez. É possível que seus seios tenham aumentado tanto que já seja necessário um sutiã novo, com mais sustentação.

Sua cintura pode já estar alargando, e você vai ter que arquivar a calça jeans favorita até o ano que vem. Se você beber bastante água, pelo menos oito copos por dia, vai ingerir flúor suficiente para que o cálcio e o fósforo se fixem adequadamente nos dentes e nos ossos do bebê.

Como fica sua vida

Você ainda não deve ter engordado muito, mas certas partes do seu corpo já estão crescendo, como os seios, por exemplo. Muitas mulheres mudam o tamanho do sutiã logo no comecinho da gravidez. Esse aumento se atribui à expansão dos dutos por onde circulará o leite que vai alimentar seu filho.

É aconselhável não esperar muito para comprar sutiãs novos e bem ajustados à dimensão do seu peito, para que você não sofra demais com dores.

Menos evidente neste momento é o aumento no total de sangue que circula em você: até o fim da gravidez, você terá entre 45 e 50 por cento mais sangue correndo em suas veias, para atender à demanda do bebê.

A sobrecarga no sistema circulatório pode deixá-la mais sujeita a varizes e hemorroidas.

Por que tanto enjoo?

Não se preocupe, o enjoo deve melhorar em breve.

Os especialistas ainda não têm muita certeza de por que tantas mulheres passam tão mal com náuseas durante o primeiro trimestre de gestação, mas, ao que parece, o grande culpado são os hormônios da gravidez. Nos três primeiros meses, os níveis hormonais flutuam bastante. Quando eles começam a se estabilizar, por volta do segundo trimestre, a maioria das mulheres também passa a se sentir melhor.

Lembre-se de que palavra “náusea” pode descrever muitas coisas diferentes, desde um gosto desagradável na boca até vômitos diários. Descubra como lidar melhor com ela com nossos truques.

Outro incômodo causado por hormônios é a prisão de ventre, que talvez faça você ter que mudar a alimentação. A palavra-chave agora é fibra, encontrada em alimentos integrais, frutas, verduras e legumes.

9 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Seu bebê pesa menos de 10 gramas, mas está crescendo rápido. Todas as partes do corpo já estão presentes, como braços, pernas, olhos e os órgãos, inclusive os genitais, embora não estejam totalmente formados.

A orelha está pronta por fora e, ao final desta semana, também estará formada por dentro.
Agora que tem desenvolvida toda a estrutura básica do corpinho, ele vai começar a ganhar peso e tamanho de maneira incrível. O aspecto já é mais parecido com aquele bebê que você terá nos braços daqui a alguns meses.

Desenvolvimento fetal

No final da semana, seu feto terá cerca de 2,3 centímetros de comprimento e apenas 2 gramas de peso. Veja detalhes na figura abaixo:9 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Os pulsos estão mais desenvolvidos, os tornozelos já se formaram e os dedos das mãos e dos pés são claramente visíveis. Os braços vão ficando mais compridos e já se flexionam nos cotovelos. Ao fim da semana, as estruturas internas dos ouvidos estão concluídas.

Embora ainda não dê para identificar o sexo do bebê pelo ultra-som, os órgãos genitais começaram a se formar. A esta altura, a placenta já se desenvolveu o suficiente para assumir a maior parte do importante trabalho que é produzir os hormônios.

Logo você terá de tomar decisões, junto com seu médico, sobre exames pré-natais específicos. Se você tem mais de 35 anos ou um histórico de doenças genéticas na família, talvez possa pensar na possibilidade de fazer uma biópsia de vilo corial, um exame normalmente realizado entre a 10a. e a 12a. semana para detectar anormalidades e doenças genéticas, pela análise de uma amostra de células tiradas da placenta.

Com nove semanas de gravidez completas, entrando na décima, você pode estar com a impressão de estar ficando maluca. Um dia está feliz da vida, no outro de péssimo humor. Por mais que essa instabilidade emocional incomode, principalmente mulheres que gostam de estar no controle da situação, ela é normal e deve continuar por toda a gravidez. Um dos motivos da turbulência nas emoções são os hormônios, que estão a toda no corpo.

Como fica sua vida

A menos que esta não seja sua primeira gravidez, você não deve ter barriga ainda, mas certamente está se sentindo cansada e enjoada, portanto tem todo o direito de se paparicar. Os hormônios da gravidez têm vários tipos de efeitos colaterais.

Muitas mulheres têm fortes dores de cabeça ou dores nas costas, como a causada pelo nervo ciático. Os hormônios também criam o ambiente perfeito para o surgimento da candidíase vaginal.

A atividade física ajuda a manter a gravidez saudável e a acelerar a recuperação depois do parto. Mas não exagere — escolha um programa de exercícios seguro, que possa ser seguido durante toda a gravidez, e tome cuidado para não elevar demais a temperatura do seu corpo.

Dá para confiar na data prevista do parto?

Isso depende um pouco da regularidade do seu ciclo menstrual. A maioria dos médicos calcula a data prevista do parto contando 40 semanas a partir do primeiro dia da última menstruação. Mas estas contas não são exatas e por isso é melhor considerar a data do parto como uma data aproximada.

Outra forma de contar a gravidez é através de ultrassons, medindo o tamanho do bebê. O desenvolvimento da criança durante o primeiro trimestre de gestação varia pouco de mulher para mulher, o que torna mais preciso o cálculo de quantas semanas de gravidez já passaram.

A partir dos três meses, no entanto, essa conta fica mais complicada, já que as variações no tamanho e desenvolvimento de cada bebê são bem maiores.

10 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Nas próximas três semanas, seu bebê vai mais que dobrar de tamanho. Já engole o líquido amniótico e dá chutes, e todos os principais órgãos do corpo dele estão totalmente formados. Detalhes também começam a aparecer, como as unhas e um cabelinho bem curto e fino.

Os órgãos sexuais externos estão se definindo, e daqui a algumas semanas já vai dar para ver numa ultrassonografia se você está esperando um menino ou uma menina.

Desenvolvimento fetal

O feto tem apenas 3 centímetros de comprimento do alto da cabeça até o bumbum, e pesa menos de 4 gramas. Veja detalhes na figura abaixo:10 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Mesmo tão pequeno, engole líquido e dá chutes o tempo todo. Todos os dias surgem novos detalhes, como as unhas e um pouco de cabelo, uma leve penugem.

Os órgãos vitais, o fígado, os rins, o cérebro e os pulmões, estão totalmente formados e já funcionam, e a cabeça tem quase metade do comprimento do corpo inteiro. A testa ainda está saltada, mas logo vai assumir uma forma mais humana.

Se você pudesse dar uma olhadinha no seu bebê esta semana, conseguiria enxergar claramente o desenho de sua coluna. Os nervos se expandem a partir da medula espinhal.

Seu útero está do tamanho de um mamão papaia pequeno. Com a ajuda de um doppler, um estetoscópio por ultrassom, dá para ouvir as batidas rápidas do coração do feto, uma grávida comparou o som ao galope de um cavalo.

Como fica sua vida

Você está se aproximando do fim do primeiro trimestre da gravidez, e seu útero está do tamanho de um abacate pequeno, preenchendo quase totalmente o baixo ventre. Talvez você até consiga sentir seu útero se apalpar a barriga acima do osso do púbis. Quer conferir como são as barrigas de 10 semanas de outras mulheres?

É provável que ainda demore mais um pouco para ter de usar roupas mais largas, mas já deve dar para perceber que sua cintura está se alargando.
Tente beber oito copos de líquido por dia, mas limite o consumo à noite, para não ter que ficar levantando para fazer xixi muitas vezes.

Sonhos esquisitos são comuns durante a gravidez, e também podem contribuir para atrapalhar suas noites.

Excesso de saliva

Reparou que está com mais saliva na boca do que antes? Esse fenômeno é bastante comum nas mulheres grávidas, sobretudo em quem tem mais acidez ou em quem sofre com vômitos constantes de uma condição conhecida como hiperemese gravídica.

Os especialistas ainda não sabem ao certo por que ocorre esse excesso de saliva, talvez devido a uma maior produção na gravidez, talvez pelo fato de gestantes engolirem menos saliva ou até uma combinação das duas coisas.

11 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Seu bebê está todo formado e tem mais ou menos o comprimento do seu polegar. Os dedos das mãos e dos pés já se separaram, e alguns dos ossos estão começando a ficar mais rígidos.

Agora, além de dar chutinhos, ele também se estica. Parece um peixinho n’água. À medida que cresce, o bebê se movimenta mais, embora você ainda não consiga senti-lo mexer. Outra curiosidade é que, dentro de pouco tempo, ele vai começar a ter soluços.

Ao longo dos próximos seis meses, a principal tarefa do bebê será crescer, engordar e ficar cada vez mais forte, pronto para a vida fora do útero.

Desenvolvimento fetal

Você está chegando perto do fim do primeiro trimestre. Quando as próximas semanas passarem, a maior parte do desenvolvimento mais crucial do bebê já terá acontecido, e o risco de aborto espontâneo diminuirá consideravelmente. Veja detalhes na figura abaixo:11 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Do alto da cabeça até o bumbum, o feto tem 4 centímetros e o corpo todo formado, desde os dentes até as unhas do pé. Seu bebê leva uma vida agitada, dando chutes e se esticando; os movimentos são tão fluidos que parecem um balé aquático.

Os dedos das mãos e dos pés já se separaram totalmente. A principal tarefa do feto, durante os próximos seis meses, é crescer e se fortalecer até ser capaz de sobreviver por conta própria fora do útero.

Talvez seu médico sugira que você faça o exame de translucência nucal, por ultra-som, para detectar sinais de problemas genéticos. Esse exame é feito entre a 11a. e a 14a. semana de gestação, e os resultados são avaliados em conjunto com os do ultra-som.

Pode ser que apareça na sua barriga uma linha vertical escura. Seu útero já está acima dos ossos da pelve e o médico já consegue senti-lo num exame externo.

Como sua vida está mudando

Um dos pontos mais divertidos das consultas de pré-natal é poder ouvir o som das batidas do coração do bebê, pelo aparelho que os médicos usam. É um momento sempre emocionante escutar aquele barulho rápido, que parece um cavalo galopando.

Não se assuste se o médico não conseguir encontrar os batimentos nesta fase (alguns nem tentam, porque sabem que às vezes pode ser difícil, e não querem causar preocupação).

Há obstetras que possuem aparelho de ultrassom no próprio consultório, e a grávida tem a chance de dar uma olhadinha no bebê com mais frequência.

Atividades físicas

Fazer exercícios regularmente pode ser difícil para muita gente, mas agora é uma boa hora para começar (de leve!). A atividade física melhora o tônus muscular, a força e a resistência, três quesitos muito necessários durante o parto. Além disso, servem para recuperar mais rapidamente a forma física depois do nascimento do bebê.

Os melhores exercícios para praticar durante a gestação são caminhadas, natação e hidroginástica.

12 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

O rosto do bebê está mudando. Os olhos, que antes ficavam nas laterais da cabeça, estão mais juntos um do outro, e as orelhas estão praticamente na posição definitiva. Nesta fase, os tecidos e os órgãos que já se formaram crescem e amadurecem rápido.

O intestino, que antes era só uma área inchada do cordão umbilical, começa a entrar na cavidade abdominal.

Seu filho já tem alguns reflexos, como, por exemplo, reagir quando você encosta na barriga, mesmo que você ainda não perceba. Outro reflexo que já está presente, muito importante para depois do nascimento, é o de chupar.

Desenvolvimento fetal

O rosto do seu bebê começa a ter uma aparência mais humana, embora ele tenha apenas 5,5 centímetros de comprimento do topo da cabeça até o bumbum, e pese menos de 15 gramas. Veja detalhes na figura abaixo:12 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Os olhos, que antes ficavam nas laterais da cabeça, já se aproximaram um do outro. As orelhas estão quase na posição normal. O fígado produz bile e os rins secretam urina na bexiga.

O feto se mexe se alguém cutuca a sua barriga, mas você ainda não consegue sentir os movimentos dele. As células nervosas fetais se multiplicam rapidamente, e as sinapses (conexões neurológicas no cérebro) estão se formando.

O bebê adquiriu mais reflexos: se alguma coisa encosta na palma da mão, os dedos fecham; se alguma coisa encosta na sola do pé, os dedos se curvam; e, se alguma coisa encosta nas pálpebras, os músculos dos olhos se contraem.

O médico já consegue sentir a parte superior do útero, também chamada de fundo uterino, na parte de baixo da barriga. Agora, que você está entrando no segundo trimestre, acaba não tendo como fugir das roupas mais folgadas.

Pode ser que a sensação de enjoo passe, e você perceba que seu apetite voltou.

Como fica sua vida

Seu enjoo deve estar melhorando, e logo você terá mais energia no dia-a-dia. Também deve estar mais aliviada porque o risco de aborto espontâneo agora diminui drasticamente.

Talvez seja difícil de acreditar, se você ainda tem náuseas o tempo todo, mas logo seu apetite vai voltar. Prefira comer carnes bem passadas para reduzir os riscos de toxoplasmose. Veja nossas dicas de como se alimentar bem nesta próxima fase.

Seus dentes e gengivas ficam mais sensíveis e sujeitos a problemas durante a gravidez, por isso o ideal é marcar uma consulta no dentista, embora ele provavelmente vá evitar que você seja submetida a um raio x (se ele for necessário, você usará um avental de chumbo).

Você também deve ter notado que sua gengiva sangra mais quando você escova os dentes ou passa o fio dental, mas isso é normal. Para amenizar o incômodo, procure usar escovas de dentes bem macias.

Roupas e beleza

É um bom momento para caprichar no visual. Considere comprar algumas peças básicas de roupa para grávidas, que durem a gestação toda. Amigas e parentes costumam emprestar roupas de gestante umas às outras, já que elas são usadas por pouco tempo. Veja aqui como se vestir melhor nos próximos meses, de acordo com o tipo de barriga que tiver.

Não tenha vergonha de pedir. Você também entrará no círculo depois, emprestando as peças que eventualmente comprar.

As estrias podem aparecer já nesta fase, principalmente nos seios — usar um sutiã com boa sustentação pode ajudar a preveni-las, ou pelo menos reduzir os danos. Manter a pele hidratada é sempre bom.

13 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

O útero já cresceu o suficiente para deixar claro que aquela nova barriguinha é mesmo de gravidez.

Mesmo assim, seu bebê ainda é bem pequeno, mais ou menos do tamanho de meia banana. Apesar disso, se pudesse enxergar dentro do útero agora, você veria um bebê formado, até com impressões digitais nos dedos.

Curta esta nova fase da gravidez mais tranquila, afinal a parte mais difícil de desenvolvimento do bebê ficou para trás.

Desenvolvimento fetal

O feto agora tem quase 8 centímetros de comprimento, se medido da cabeça até o bumbum, e pesa pouco menos de 25 gramas, mais ou menos metade de uma banana. Veja detalhes na figura abaixo:13 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Ele já tem impressões digitais só suas, e começa a fazer o movimento de procurar o mamilo para mamar.

Se você estiver grávida de uma menina, ela já possui cerca de 2 milhões de óvulos dentro dos ovários; quando nascer, esse número terá diminuído para cerca de 1 milhão. Conforme ela for ficando mais velha, o número de óvulos vai cair ainda mais, e, aos 17 anos, ela terá 200 mil óvulos.

Quanto a você, as coisas devem estar começando a parecer mais fáceis. Para muitas mulheres, os efeitos colaterais do princípio da gravidez, frequência urinária, cansaço, enjoos, diminuem no segundo trimestre.

Embora sua barriga provavelmente já esteja aparecendo o suficiente para mostrar ao mundo que você está grávida, ela ainda não atrapalha muito. Faltam meses para o parto, mas seus seios podem já ter começado a produzir o colostro, um líquido amarelado e meio transparente que vai alimentar o bebê nos primeiros dias, antes da “descida” do leite.

Como fica sua vida

Você está oficialmente no segundo trimestre da gravidez, o que traz duas boas notícias. Primeiro, o risco de um aborto espontâneo diminui substancialmente; outra coisa é que muitas mulheres dizem que os incômodos iniciais da gestação, como o enjoo matinal, melhoram agora.

Com menos náusea e mais energia, talvez você até note um aumento da libido.

Se você deixou de se sentir enjoada, pode ser que passe a ter um apetite de leão. Procure ter sempre em casa alimentos saudáveis para beliscar, como frutas variadas ou cenoura crua, assim você alivia a fome sem comer bobagens.

Está se sentindo estranha ou descoordenada? Não se preocupe, é comum ficar meio desajeitada na gravidez.

Sinais de amamentação

O nascimento do bebê ainda está distante, mas seu corpo pode já ter começado a produzir o colostro, aquele primeiro líquido que alimenta a criança logo após o parto, antes de o leite propriamente dito “descer”.

A estatura de uma mulher não tem nada a ver com sua capacidade de amamentar nem de dar à luz, então saiba que, mesmo que você seja mais baixinha, terá todas as condições para um parto normal e para dar de mamar a seu filho, nesse caso, tamanho não é documento.

E quem tem mamilos invertidos ou colocou prótese também não precisa se preocupar, porque estes geralmente não são impedimentos para ter leite e dar o peito para o bebê.

14 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

A notícia da semana se chama cabelos! O bebê tem cabelo, não apenas na cabeça e sobrancelhas, mas no corpo todo. Esse cabelo na verdade é uma penugem superfina que geralmente desaparece antes do nascimento.

Alguns músculos já começam a funcionar. Nessa semana, o bebê movimenta os dedos para “pegar”, consegue piscar, franzir a testa, fazer caretas e até chupar o dedo.

O corpo está crescendo agora mais rápido do que cabeça, e já dá para ver o pescoço. Dentro de alguns dias, os braços terão se alargado, tornando-se mais proporcionais ao resto do corpo; as pernas, por outro lado, ainda têm que crescer um pouco.

Desenvolvimento fetal

Da cabeça até o bumbum, seu bebê mede cerca de 9 centímetros de comprimento e pesa em torno de 45 gramas. Veja detalhes na figura abaixo:14 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O corpo agora cresce mais rápido que a cabeça. Esta semana, a pele, fina como um papel de seda, cobre-se de lanugo (um pelo finíssimo e macio que costuma desaparecer antes do nascimento). As sobrancelhas e o cabelo começam a surgir, mas o cabelo pode mudar de cor e de textura depois que o bebê nascer.

Nesta fase, o feto consegue fazer os movimentos de agarrar, franzir as sobrancelhas, fazer caretas e ficar vesgo. Talvez saiba até chupar o dedo. Os pesquisadores acreditam que esses e outros movimentos correspondam ao desenvolvimento de impulsos no cérebro.

Se você ainda não fez a medição da translucência nucal, o período ideal para realizar o exame termina esta semana.

Pelo ultrassom, o médico mede a espessura de uma dobra no pescoço do bebê, para detectar sinais de síndrome de Down ou outros problemas congênitos. Talvez seu obstetra recomende a realização de uma amniocentese entre a 15a e a 18a semana de gravidez.

A indicação costuma ser feita para mulheres com mais de 35 anos ou com histórico de problemas genéticos, mas é a família que decide se ela deve ser feita ou não.

Como fica sua vida

Provavelmente, você está se sentindo mais esperta e com mais vigor do que nos três primeiros meses de gestação. Algumas mulheres, infelizmente, continuam a ter enjoos. Se você ainda está se sentindo muito mal, mencione isso para o obstetra.

A maioria das mulheres considera o segundo trimestre de gravidez o mais prazeroso, já que fica mais fácil dormir e a barriga não está grande demais para impedir uma boa movimentação. Aproveite esses meses intermediários para nadar, caminhar e fazer atividades aeróbicas de baixo impacto.

É uma boa hora para definir aspectos práticos do pós-parto, como a licença-maternidade e com quem seu filho ficará quando você voltar ao trabalho. Troque uma ideia com amigas que já passaram por isso e podem ter boas sugestões.

Pensando no futuro

Agora que você já pode contar sobre a gravidez para todo mundo e que o risco de aborto espontâneo é mínimo, dá para começar a pensar mais concretamente nos aspectos práticos da chegada do bebê, como a escolha do nome e a decoração do quarto.

Você pode também ir olhando e comprando aos poucos itens de enxoval (clique aqui se seu filho vai nascer no calor e aqui se for no frio), carrinho do bebê e móveis para o quartinho.

Divirta-se com essa etapa tão gostosa de arrumar as coisas para a vinda do mais novo membro da família.

15 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Se pudesse pegar o bebê, ele caberia na palma da sua mão. Esta semana, o feto desenvolve sensibilidade à luz e começa a ter soluços, um movimento precursor da respiração.

Não dá para ouvi-los porque o sistema respiratório do seu filho está cheio de líquido, em vez de ar, mas não se surpreenda se conseguir sentir os soluços daqui a algum tempo.

Outra coisa que está se desenvolvendo é o paladar do seu filho. Existem até estudos que mostram que os sabores dos alimentos consumidos pelas mães grávidas acabam indo parar no líquido amniótico.

Desenvolvimento fetal

Mesmo que você ainda não consiga sentir, seu pequeno hóspede tem soluços com frequência. Isso acontece com todos os bebês mesmo antes de eles respirarem, mas não sai nenhum som, já que a traqueia está preenchida de líquido, em vez de ar. Veja detalhes na figura abaixo:15 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Embora você provavelmente já tenha engordado entre 2 e 5 quilos, o feto não pesa mais que 70 gramas. Ele tem cerca de 11 centímetros de comprimento, contando do topo da cabeça até o bumbum.

As pernas estão ficando mais compridas que os braços, as unhas já estão completamente formadas e todas as articulações funcionam. Agora talvez já dê para descobrir o sexo do bebê numa ultrassonografia, pois os órgãos genitais externos podem estar desenvolvidos o suficiente para ser distinguidos pelo ultrassonografia.

Se a ideia de ter um filho parece muito distante, nada como sentir os movimentos do bebê pela primeira vez para torná-la mais real.

A maioria das futuras mães consegue distinguir os movimentos entre a 16a e a 22a semana. Se esta não é sua primeira gravidez, você tem uma chance maior de ter essa sensação mais cedo. Você pode achar que são meros gases, e na verdade é seu bebê dando cambalhotas.

Tome nota de quando sentiu o bebê se mexer pela primeira vez e conte ao médico na próxima consulta. Este estágio intermediário da gravidez é um bom momento para começar a se exercitar.

Como fica sua vida

Um dos momentos mais emocionantes da gravidez é sentir o bebê mexer pela primeira vez. A maioria das mulheres percebe os primeiros movimentos entre a 16a e a 20a semana. Esses movimentos iniciais podem até parecer gases, mas são, na verdade, as cambalhotas de seu filho. Não deixe de falar sobre isso na sua próxima consulta.

Algumas mulheres só sentem o bebê se mexer mais tarde, só mesmo na 20a semana ou mais, ou com uma frequência menor, então não se preocupe se ainda não notou nada.

Nesta fase, é possível que seu médico sugira a realização de um exame de sangue para detectar problemas genéticos. O chamado teste de múltiplos marcadores mede, entre outras coisas, os níveis da alfa-feto proteína e é feito entre a 15a e a 20a semana.

Embora seja realizado rotineiramente em alguns países, no Brasil esse teste não é muito frequente. Ele serve para definir a indicação para uma possível amniocentese.

A amniocentese, um exame invasivo, só costuma ser recomendada para mulheres com mais de 35 anos ou para aquelas com histórico familiar de problemas congênitos. Ela também é realizada entre a 15a e a 20a semana de gravidez. Peça a seu médico para explicar a você todas as implicações dos testes feitos para detectar anormalidades cromossômicas.

Saúde

Seu sistema imunológico fica ligeiramente enfraquecido durante a gravidez, por isso é possível ter mais tosse e resfriados do que o normal. Eles são debilitantes, mas saiba que geralmente não fazem mal ao seu bebê.

Outras infecções que podem aparecer no decorrer da gravidez, como o eritema infeccioso, a catapora ou a rubéola, têm potencial para causar problemas ao feto, dependendo do estágio de gestação em que são detectadas.

É bem possível que você tenha tido essas doenças na infância ou que já tenha sido vacinada contra elas. O herpes zóster ou cobreiro (do mesmo vírus da catapora) não prejudica o bebê, mas, mesmo assim, evite contato com outras mulheres grávidas.

16 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

O bebê tem agora, mais ou menos, o tamanho de um pera. Alguns sistemas mais avançados do corpo, como o circulatório e o urinário, estão funcionando. Muitos bebês brincam com o cordão umbilical nesta fase.

As pernas estão muito mais desenvolvidas, e ele tem a cabeça mais reta e já tomando a forma que conhecemos, embora ainda não haja cabelo. As pálpebras continuam fechadas, mas os olhos se mexem.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê está mais ou menos do tamanho de uma goiaba grande (cerca de 12 centímetros da cabeça até o bumbum, pesando aproximadamente 100 gramas). Veja detalhes na figura abaixo:16 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Nas próximas três semanas ele vai passar por um grande estirão, dobrando de peso e crescendo vários centímetros.

Tanto dentro como fora da barriga, bebês adoram brincar. O seu talvez já tenha descoberto seu primeiro brinquedo, o cordão umbilical, que ele vai puxar e segurar para se divertir. Às vezes ele pode apertá-lo a ponto de reduzir a quantidade de oxigênio que passa por ele, mas não se preocupe, ele não conseguirá apertar tempo suficiente para se prejudicar.

O sistema circulatório e o trato urinário estão em plenas condições de funcionamento, e o bebê inala e exala líquido amniótico pelos pulmões.

Pode ser que de vez em quando você sinta uma dor nas laterais do corpo ao fazer movimentos bruscos.

Os ligamentos dos dois lados do útero e das paredes da pelve estão esticando conforme o bebê vai crescendo. É normal sentir um pouco de dor, mas, se você continuar dolorida por dias ou se o desconforto for piorando, fale com seu médico.

Como fica sua vida

Esta é uma ótima hora para pensar em uma viagem, caso você tenha tempo e dinheiro. As viagens no segundo trimestre costumam valer a pena, já que você já deixou para trás o enjoo e o cansaço dos primeiros meses e ainda não chegou na fase de se preocupar com um parto prematuro.

E também é uma boa chance de aproveitar a vida a dois antes de a família crescer.

Se você pensa em ir de avião, é melhor conferir as políticas de viagem para grávidas nas companhias internacionais para ter certeza de até quando a empresa aérea vai permitir que você viaje.

Cuide-se

Você deve ter engordado até agora algo entre 2,5 e 4,5 quilos. O crescimento do útero pode provocar pontadas devido à expansão do abdome. Esse tipo de dor geralmente é temporária, mas saiba que o aumento do útero sobrecarregará suas costas.

É importante cuidar da postura para proteger a coluna e evitar a pressão e dores.

As mudanças no corpo muitas vezes provocam outro incomodo bastante comum entre as grávidas: hemorroidas. Descubra o que fazer para amenizá-las e como uma alimentação rica em grãos integrais pode ajudá-la.

17 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

As coisas começam a mudar bastante. Nessa semana, os olhos do bebê passam a olhar para a frente, em vez de para os lados, as orelhas estão praticamente na posição certa e a cartilagem que vai se tornar o esqueleto está prestes a endurecer.

As mamães de segunda viagem costumam sentir os movimentos do bebê agora. As estreantes talvez demorem mais algumas semanas. Muitas mulheres descrevem a sensação como se tivesse uma borboletinha batendo asas dentro da barriga.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê está agora com quase 13 centímetros da cabeça até o bumbum, e pesa por volta de 140 gramas. Veja detalhes na figura abaixo:17 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O esqueleto é formado por uma cartilagem ainda flexível, que vai ficar mais rígida com o tempo. Uma substância protetora chamada mielina começa a envolver aos poucos a medula espinhal.

Com a ajuda de um estetoscópio especial, já dá para escutar os batimentos cardíacos do bebê. Poucas coisas são mais reconfortantes e emocionantes que ouvir o ritmo acelerado do coraçãozinho do bebê. Você terá chance de ouvi-lo em todas as consultas do pré-natal.

Por causa do crescimento do útero, seu centro de gravidade foi modificado, e, portanto, é bem provável que você esteja se sentindo meio desequilibrada.

Tome cuidado e prefira sapatos de salto baixo. Está difícil arranjar posição para dormir? Confira nossas dicas para um bom sono no segundo trimestre da gravidez.

Aproveite enquanto pode!

No segundo trimestre, seu corpo começa a se adaptar às drásticas mudanças físicas e hormonais por que passou, e você deve conseguir dormir melhor, isto é, tirando alguns detalhes como as cãibras, os sonhos esquisitos e a congestão nasal.

Como a vida às vezes é muito irônica, nessa fase também aumenta seu nível de energia, por isso você não vai se sentir tão precisada do sono quanto no primeiro trimestre.

O cansaço começa a melhorar

É bem provável que você tenha finalmente voltado a dormir um pouco melhor. A invasão de progesterona por que seu corpo passou no começo da gravidez já não é tão intensa, seus níveis de hormônio continuam crescendo, mas essa elevação agora é mais lenta. Por isso, você deve começar a se sentir menos exausta o tempo todo.

Menos idas ao banheiro

Mais boas notícias: A barriga começou a crescer, abrindo espaço para o bebê, que parou de pressionar tanto a bexiga. Por isso você não precisa mais sair da cama a toda hora para ir fazer xixi.

Os enjoos também devem ter passado, ou pelo menos melhorado bastante. Não é à toa que as pessoas comparam o segundo trimestre da gravidez a uma lua-de-mel.

Não desperdice sua energia

Agora que você está se sentindo com mais energia, e dormindo melhor, comece a fazer alguma atividade física regularmente. Isso só vai colaborar para você dormir ainda melhor, além de manter sua saúde física e mental.

Não esqueça, porém, que seu sono, por melhor que esteja, não é o mesmo de quando você não estava grávida, e ainda pode ser atrapalhado pelos roncos, pela congestão nasal, pelas cãibras e pelos sonhos super-realistas. Por isso, se seu corpo pedir um cochilo, faça o máximo para descansar.

Se você pensa em fazer uma amniocentese, esta semana é uma fase aconselhável. Apesar da apreensão com o exame, há uma vantagem: você vai poder ficar olhando para o bebê no ultrassom usado para realizar o procedimento. Só desvie o olhar na hora da agulha, pois a imagem pode dar certa aflição.

Como fica sua vida

Por enquanto, os papais ainda não conseguem compartilhar tanto da emoção, já que os chutes de verdade só devem acontecer daqui a um mês. Se você ainda não os sentiu, experimente deitar de barriga para cima depois de comer, e prestar atenção nas sensações.

É possível que você note que a aréola, a parte mais escura em volta dos mamilos, está mudando de tamanho à medida que seus seios crescem. Esse é um “efeito colateral” da gravidez que pode persistir por até um ano depois do nascimento do bebê.

Outras mudanças de pele que acompanham a gestação, como a linha vertical mais escura que pode aparecer na barriga e as marcas no rosto, também tendem a sumir uma vez que o bebê tenha nascido.

Falando de sexo

Talvez você não se sinta a mulher mais bonita do mundo com tantas mudanças. Tente ver o lado bom dessas modificações do corpo nas próximas semanas. Mesmo que você não ache, seu companheiro provavelmente a considera bastante interessante, muitos homens adoram as novas curvas que a gravidez acrescenta ao corpo da mulher.

É bem seguro manter relações sexuais até o momento em que sua bolsa estourar, desde que não haja recomendação médica em contrário, como nos casos de sangramento.

Algumas mulheres têm mais libido durante a gestação, e outras preferem deixar o sexo de lado. As duas coisas são perfeitamente normais.

18 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Nesta semana, o começo oficial do seu quinto mês de gestação, o bebê pode ter chegado a 15 centímetros de comprimento se medido do alto da cabeça até o bumbum, e já é capaz de sentir e ouvir.

Claro que agora tudo o que ele consegue ouvir é a batida do seu coração e os sons produzidos pelo seu sistema digestivo, mas, em breve, vai identificar também barulhos fora do útero e a sua voz.

Se você estiver esperando uma menina, o útero e as trompas já estão formados; se for um menino, os genitais já são visíveis, mesmo que insistam em se esconder justamente durante os ultrassons.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê mede cerca de 14 centímetros, contando do alto da cabeça até o bumbum, e pesa quase 200 gramas. Veja detalhes na figura abaixo:18 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O peito dele imita o movimento da respiração, mas ele não inspira ar, e sim o líquido amniótico.

Agora no segundo trimestre, normalmente entre a 18a e a 22a semana, os médicos costumam pedir uma ultrassonografia morfológica para acompanhar com mais detalhes o crescimento e o desenvolvimento do bebê, detectar sinais de problemas congênitos, avaliar a placenta e o cordão umbilical e verificar se a idade gestacional está correta.

Durante o exame, você terá a chance de ver o bebê dando chutes, tentando pegar alguma coisa, se virando ou até chupando o dedo. Leve seu parceiro. Os ultrassonografistas costumam entregar fotos do bebê às futuras mães ou até mesmo gravar o exame para os pais guardarem de lembrança.

Se você ainda não sabe o sexo do seu bebê, o exame é uma boa chance de descobrir. Se for uma menina, a vagina, o útero e as tubas uterinas já estão no lugar certo. Se for menino, os órgãos genitais são bem fáceis de reconhecer.

Como fica sua vida

Você está a uma semana do marco de metade do caminho na gravidez. Se você tem preocupações com o que vem pela frente, nossas páginas sobre cuidados pré-natais, complicações na gravidez e trabalho de parto contêm informações que podem ajudar a esclarecer dúvidas.

Mas, caso continue tendo outros temores, é importante ter abertura para conversar com o seu obstetra.

Nas próximas semanas, seu médico poderá pedir um ultrassom morfológico para observar os órgãos do bebê. Não deixe de levar seu marido ou um ente querido para esse teste, já que ele revelará seu filho chutando ou virando de um lado para o outro dentro de você.

Moda

Roupas maiores e mais confortáveis são fundamentais neste ponto da gravidez. Se você está precisando de inspiração, confira alguns looks de grávidas preparados por profissionais para valorizar tudo aquilo de melhor e esconder o que não precisa ser mostrado.

Veja também uma galeria de fotos apresentando como se vestir bem de acordo com o seu tipo de barriga.

Compre sapatos novos, um número maior, porque seus pés vão inchar junto com o resto do corpo. Outra coisa importante é que eles tenham salto baixo, para sustentar melhor seus passos meio desequilibrados.

19 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Esta é uma fase essencial para o desenvolvimento sensorial do bebê, que ocorre em áreas especializadas do cérebro para odor, paladar, audição, visão e tato.

Alguns estudos indicam que agora ele até ri. E o que será que está escutando lá dentro da sua barriga? Muitas coisas, como o som do sangue passando pelas veias, os ruídos do seu estômago ao digerir e, claro, sua voz!

Se você estiver esperando uma menina, imagine só que ela tem 6 milhões de óvulos nos ovários — número que vai diminuir para 1 milhão até a hora do nascimento.

Desenvolvimento fetal

O feto mede por volta de 15 centímetros da cabeça até o bumbum e pesa aproximadamente de 240 gramas. Veja detalhes na figura abaixo:19 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Seu bebê já começou a engolir o líquido amniótico, e os rins continuam produzindo urina. O cabelo está começando a aparecer.

O desenvolvimento sensorial chega ao auge esta semana. Os neurônios ligados a cada um dos sentidos: paladar, olfato, audição, visão e tato, estão se desenvolvendo em suas áreas específicas do cérebro.

A produção de células nervosas diminui, e as células já existentes aumentam de tamanho e formam conexões mais complexas. Se você está esperando uma menina, ela tem mais ou menos 6 milhões de óvulos nos ovários. Quando nascer, esse número terá diminuído para por volta de 1 milhão.

Você chegou à metade da gestação! Agora que está entrando na 20a semana, seu útero chega até o umbigo, e deve crescer cerca de um centímetro por semana. Essa medição normalmente é feita pelo médico com uma fita métrica nas consultas.

Agora você está começando a distinguir os chutes e as cambalhotas do bebê. Para algumas mulheres demora um pouco mais. Você vai ver: daqui a pouco, vai ficar até difícil dormir com tanto movimento.

Como fica sua vida

O útero já cresceu bastante e a parte de cima provavelmente aproxima-se do umbigo. De agora em diante, ele aumentará cerca de um centímetro por semana.

É possível que você sinta alguma dor no baixo ventre. Não é nada para se preocupar, são os músculos e ligamentos que sustentam a barriga se esticando cada vez mais.

Muitas mulheres morrem de medo da dor do trabalho de parto e do parto normal em si. Apesar de um grande número de mulheres optar pela cesariana aqui no Brasil para evitar o problema, pense bem no assunto, já que os riscos desse tipo de parto são muito maiores que os do normal.

Além disso, a cesariana também dói bastante, só que depois que o bebê já nasceu (e quando você tem muito mais coisas com que se preocupar).

Os hospitais dispõem de várias maneiras eficazes de aliviar as dores do parto normal. O mais importante é se informar o máximo possível sobre os dois tipos de parto, porque, quanto mais no controle você se sentir, menos tensa vai ficar.

Sono

Uma boa noite de sono durante a gravidez costuma ser difícil, especialmente se você sofre de azia ou indigestão.

Quando isso acontece, comida tende a ser a última coisa que passa por sua cabeça; mas algumas grávidas acordam à noite com mal-estar devido à fome e são obrigadas a comer alguma coisa para conseguir dormir de novo.

Outro incômodo para dormir poderá ser o cutucão do parceiro tentando acordá-la por causa do seu ronco. A gravidez pode causar congestão nasal, o que provoca o ronco.

20 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

O bebê está agora engordando e virou uma coisinha meio gosmenta, uma substância oleosa chamada verniz caseoso ou vérnix cobre todo o corpo dele, a fim de proteger a pele da prolongada submersão no líquido amniótico. Alguns bebês chegam a nascer ainda cobertos por ele.

A cada dia que passa, ele engole mais líquido amniótico, o que é um ótimo treino para o sistema digestivo antes da alimentação de verdade. Nestas semanas, o bebê também produz em sua barriguinha uma substância conhecida como mecônio.

De cor negra ou verde bem escura, o mecônio é formado por células mortas, secreções do estômago e o líquido amniótico engolido. Ele se acumula nos intestinos e aparecerá depois na primeira fralda que você trocar.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê está ganhando peso, e mede agora cerca de 17 centímetros, do alto da cabeça até o bumbum, sem contar as pernas, que costumam ficar bem flexionadas. Uma substância espessa e gordurosa, chamada verniz caseoso ou vérnix, envolve todo o bebê e protege a pele da imersão no líquido amniótico. Essa camada também ajuda no parto normal. O bebê está engolindo mais líquido esta semana, num bom treino para o sistema digestivo. Depois que ele bebe o líquido, o corpo dele absorve a água e transfere o restante para o intestino grosso.20 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Uma boa maneira de se preparar para o parto e conhecer suas opções é fazer um curso pré-natal. Mesmo que você não seja marinheira de primeira viagem, esse tipo de aula pode trazer novas contribuições. É bom se planejar para ter concluído o curso com 37 semanas, quando a gestação terá chegado a termo, e o trabalho de parto poderá começar a qualquer momento.

Tome um cuidado especial para obter ferro suficiente na alimentação. Seu bebê precisa dele para produzir glóbulos vermelhos, entre outras coisas. Se você não está tomando um suplemento vitamínico, pergunte ao seu médico se há necessidade, e não se esqueça de comer alimentos ricos em ferro, como carne vermelha magra, frango, peixe, lentilha e espinafre.

Como fica sua vida

Literalmente sem fôlego? Pondo a língua para fora depois de subir uns meros degrauzinhos? Um pouco de falta de ar é normal e pode até piorar à medida que o útero cresce e pressiona os pulmões, mas fale com seu médico se isso se agravar demais.

Outra coisa importante nesta fase é a ingestão de uma quantidade suficiente de ferro. O bebê precisa dele para produzir glóbulos vermelhos. Entre os alimentos ricos em ferro estão carnes vermelhas magras, frango, peixes e lentilha.

Só tome suplementos vitamínicos se eles tiverem sido recomendados pelo obstetra.

Exercícios

Veja como proteger suas costas e aprenda alguns exercícios para melhorar eventuais dores no dia-a-dia.

Se você pratica ginástica regularmente, fique de olho para não exagerar na dose. Conheça os sinais de perigo e pare se começar a ficar ofegante, vermelha demais ou sentir tonturas.

Para quem não está acostumada a atividades físicas, uma caminhada ao ar livre ou em um parque já faz uma grande diferença para o corpo, assim como a mente.

Pratique também exercícios para os músculos do assoalho pélvico, uma atividade que pode ser realizada em casa mesmo, a qualquer hora. Esses exercícios internos podem ajudar na hora do parto normal, e mesmo depois.

21 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

O bebê deve estar com 27 centímetros do alto da cabeça até o calcanhar. As sobrancelhas e pálpebras estão totalmente formadas, e ele já tem unhas. De agora em diante, tudo o que você disser, o bebê escuta, então aproveite para falar, cantar ou ler em voz alta para ele.

Serve qualquer tipo de livro: dos clássicos infantis até algum que você esteja lendo no momento. O importante é que ele sinta o ritmo da sua fala. Nem todo mundo se sente confortável lendo em voz alta, se for seu caso, não tem problema.

Desenvolvimento fetal

O feto agora pesa cerca de 360 gramas, e mede aproximadamente 27 centímetros no total, a partir desta semana a medição passa a ser feita do alto da cabeça até o calcanhar. Veja detalhes na figura abaixo:21 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

As sobrancelhas e pálpebras estão prontas, e as pontas dos dedos já têm unhas.

Pode parecer inacreditável, mas seu bebê já é capaz de ouvir sua fala. Por isso você pode conversar com ele sem medo de se sentir boba. Vale até cantar e ler histórias.

Estudos mostram que recém-nascidos sugam com mais vigor ao escutar a leitura de um livro que tenha sido lido pela mãe durante a gravidez. Se você quiser tentar, escolha um e comece a ler em voz alta.

Mas pegue um livro de que você goste mesmo, porque é muito provável que você vá lê-lo inúmeras vezes depois que o bebê nascer, e há grandes chances de essa se tornar a história favorita do seu filho na hora de dormir, mesmo quando ele estiver maiorzinho.

Está se sentindo surpreendentemente bem nos últimos tempos? Talvez esta seja a época mais agradável da sua gravidez.

Você ainda não está pesada demais, e os incômodos mais comuns na gestação, como os enjoos, a vontade constante de fazer xixi e o sono permanente, já tenham melhorado bastante. Relaxe e aproveite o máximo que puder. O terceiro trimestre está chegando, e ele costuma trazer um pouco mais de desconforto.

Como fica sua vida

Prepare-se para se ver meio desajeitada durante a gravidez. Você está mais pesada, o centro de gravidade do seu corpo mudou com o crescimento do útero e seus dedos e outras juntas estão mais frouxos devido aos hormônios da gestação.

Tente prestar atenção por onde anda e despeça-se por enquanto dos saltos altos, se ainda não fez isso. Eles dificultam o equilíbrio e podem provocar dores nas costas.

O ganho de peso até o final da gravidez é algo que pode estar incomodando você. Como ele é inevitável, o melhor que se tem a fazer é comer de um jeito saudável e, mais ainda, dedicar um tempo para você mesma.

Comendo na medida

É recomendável esperar um pouco para emagrecer uma vez que o bebê tenha nascido , já que o corpo pode levar de alguns meses a até um ano para recuperar os nutrientes “compartilhados” durante a gravidez.

Fale com seu médico, no entanto, se seu peso aumentar demais ou se você emagrecer muito. Os obstetras costumam medir a barriga das grávidas para ter certeza de que estão mais ou menos na medida esperada para o tempo de gestação.

Só faça algum tipo de dieta se tiver uma orientação médica específica. Por outro lado, não acredite na velha história de que grávidas precisam comer por dois, já que isso só fará você ingerir calorias desnecessárias e depois ficar frustrada.

22 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Seu bebê já se parece mais com um recém-nascido em miniatura. Os lábios estão mais formados, e os olhos se desenvolveram; embora a íris ainda não tenha pigmentação, as sobrancelhas e pálpebras estão no lugar certo.

O pâncreas, órgão fundamental para a produção de hormônios, está se aperfeiçoando rapidamente. Os primeiros sinais da dentição aparecem por baixo da gengiva, embora os dentes mesmo só surjam entre os 4 e 7 meses de idade, a não ser que ele seja um dos raros casos de bebês nascidos com dentes!

Mais cedo do que você imagina, seu filho vai estar nos seus braços.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê é agora uma versão mais magrinha de um recém-nascido. Ele pesa cerca de 430 gramas, e mede um pouco mais que 27 centímetros no total. Veja detalhes na figura abaixo:22 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O corpo do bebê tem as proporções certas, mas ele ainda vai ter de engordar bastante. Enquanto isso não acontece, a pele fica enrugada. Os lábios e os olhos estão formados, embora a íris (a parte colorida do olho) ainda não tenha pigmentos. O pâncreas, essencial para a produção de hormônios, continua se desenvolvendo.

Os primeiros sinais dos dentes já aparecem, debaixo da gengiva. O tempo passa rápido e, quando você se der conta, seu bebê já terá seu primeiro dente.

A essa altura, você deve ter engordado entre 5 e 7 quilos. A partir de agora, o aumento de peso deve ser de pouco mais de 200 gramas por semana. Pode ser que apareçam vontades súbitas de comer alguma coisa, e você pode notar um aumento na secreção vaginal, embora sem a presença de sangue. As duas coisas são normais na gravidez.

Como fica sua vida

Como você bem vê, o ganho de peso não para, a média agora é de 250 gramas por semana. Mas nem sempre o peso se reflete na barriga. Você está achando que ela está pequena demais?

Outra coisa é que seu apetite aumentou e você pode estar tendo desejos bem malucos.

É perfeitamente normal sucumbir à vontade de tomar sorvete de vez em quando, mas tente encontrar substitutos mais saudáveis se você só quer saber de comer bobagens o tempo todo. Quem controla o consumo de doces engorda bem menos na gestação.

Seu corpo

Talvez você sinta um aumento no corrimento devido ao maior fluxo sanguíneo na região vaginal. A necessidade de fazer xixi com frequência é outro efeito colateral da gravidez, porém não se esqueça de que as grávidas também são mais suscetíveis a infecções urinárias.

Assim, se você desconfiar de que pode estar com cistite, não deixe de ir ao médico.

Sangramentos anais às vezes também ocorrem, especialmente se você estiver com hemorroidas. Veja nossas sugestões de como evitar a prisão de ventre para tentar não sofrer com as hemorroidas.

23 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

O bebê tem cerca de 29 centímetros do alto da cabeça até o calcanhar. Os vasos sanguíneos do pulmão estão se preparando para a respiração e para que o bebê engula normalmente, embora ele só vá eliminar as primeiras fezes após o nascimento, exceto em casos extraordinários.

Neste momento o tom da pele dele é rosado, independentemente da cor que terá no futuro, e ela está toda enrugadinha. A pele é tão fina que daria até para ver as veias por dentro do corpo. A cor da pele do seu filho só vai se estabelecer de fato durante o primeiro ano de vida.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê está pesando um pouco mais de meio quilo, com 29 centímetros de comprimento. Veja detalhes na figura abaixo:

23 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

A audição já funciona, e ele consegue ouvir uma versão meio distorcida da sua voz, seus batimentos cardíacos e os barulhos que seu estômago faz. Outros barulhos altos que forem frequentes durante a gravidez, como o latido do cachorro ou o motor do aspirador de pó, não devem incomodar o bebê quando ele os escutar fora do útero.

Vários estudos já deram indicações de que os fetos preferem música clássica no útero, e um dos compositores testados e aprovados foi Vivaldi.

Toque As Quatro Estações para o seu bebê e preste atenção nos movimentos que ele faz. Ele fica quietinho nos trechos mais lentos, de adagio, e se agita nos mais movimentados, de allegro? Talvez você tenha um pequeno maestro vindo por aí.

Além dos avanços na audição do bebê, os pulmões estão se desenvolvendo para se preparar para respirar. Ele continua engolindo líquido, mas normalmente só vai fazer cocô pela primeira vez (o chamado mecônio) quando nascer.

Se por algum motivo tivesse que nascer agora, o bebê teria uma pequena chance de sobreviver (cerca de 16 por cento, em hospitais muito bem equipados e centros de referência), desde que com o atendimento médico adequado.

Cada dia a mais no útero faz diferença neste estágio. Nascendo com 24 semanas, a chance de sobrevivência, numa UTI de alta complexidade, sobe para 44 por cento.

Quanto a você, é bem provável que você esteja se achando meio desajeitada por causa da mudança no seu centro de gravidade. Talvez sua gengiva sangre quando você escovar os dentes, e seu umbigo, que era “para dentro”, resolva ficar saltado. Não se preocupe. Ele vai voltar para o lugar pouco tempo depois do parto.

Como fica sua vida

Pode ser que sua gengiva sangre um pouco ao escovar os dentes, uma reclamação comum das grávidas (assim como sangramento no nariz). Os hormônios da gravidez podem provocar inchaço e inflamação das gengivas (gengivite), o que leva ao sangramento.

O que fazer? Escove os dentes com uma escova de cerdas bem macias e passe o fio dental com bastante delicadeza. Se você não tiver esses cuidados, a gengivite pode piorar e virar uma periodontite, uma doença mais séria que atinge o osso e outros tecidos que sustentam a gengiva.

Procure se programar para ir ao dentista agora, já que depois que o bebê nascer vai ficar bem mais complicado arrumar um tempinho!

Quarto de bebê

Já começou a pensar no quartinho do bebê? Parece que ainda falta muito, mas decidir os móveis, a pintura, a decoração e outros detalhes pode exigir mais tempo do que você imagina.

A antecedência também ajuda a evitar que o bebê durma no quarto com cheiro forte de tinta ou móveis novos. E essa é uma das partes mais divertidas da gravidez.

24 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Desde a semana passada, o bebê engordou cerca de 90 gramas. A pele dele é fina e frágil, mas o corpo está tomando forma e ocupando cada vez mais espaço dentro do seu útero.

Nesta fase, o bebê pode até estar desenvolvendo um fraco por doces. As papilas gustativas estão se formando e esse gosto pelo doce faz parte do processo.

Outro grande marco desta etapa é a possibilidade de o bebê agora sobreviver, com muitos cuidados especiais, num hospital bem-equipado, no caso de um parto prematuro. Ele se torna, então, um bebê “viável”.

Desenvolvimento fetal

O feto pesa mais de 600 gramas. Ele é bem magrinho e a pele é fina e frágil, mas as proporções do corpo já se aproximam das de um recém-nascido. Veja detalhes na figura abaixo:24 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O cérebro está crescendo rápido, e o espaço dentro do útero começa a ser totalmente preenchido. Se por acaso você entrar em trabalho de parto nesta fase, os médicos farão de tudo para contê-lo, para que seu bebê tenha mais tempo de continuar a amadurecer.

Pode ser que você repare que apareceram linhas claras, vermelhas ou amarronzadas na sua barriga, no bumbum e nos seios, as temidas estrias. Elas são muito comuns neste estágio da gravidez, afetam nada menos que 90 por cento das mulheres. Depois do parto, a pigmentação vermelha ou marrom das estrias vai sumindo, e as linhas ficam mais claras que o resto da pele.

Seus olhos também podem estar incomodando como se tivessem areia, ou sensíveis à luz. Esse é mais um sintoma normal da gravidez, embora menos conhecido.

Você pode usar soluções que imitam lágrimas para aliviar a secura e o desconforto. Peça indicações ao seu médico.

Como fica sua vida

Estrias avermelhadas podem aparecer na sua barriga, coxas, bumbum e seios. Muitas mulheres também reclamam de coceira na pele. Cremes podem até aliviar essa coceira, mas, infelizmente, não fazem as estrias desaparecerem nem conseguem impedi-las.

Estrias são típicas desse estágio da gravidez e costumam ficar mais discretas e com um tom mais próximo da própria pele depois do parto. E sempre há a chance de você ser uma das sortudas que passam incólumes pela gravidez, sem estrias. Sua mãe tem? A hereditariedade infelizmente é um dos fatores determinantes para o surgimento de estrias.

Os olhos tendem também a ser mais sensíveis à luz e a ficar mais secos, um sintoma perfeitamente normal da gestação, embora menos conhecido. Para melhorar o desconforto, pingue uma solução de lágrimas artificiais que pode ser encontrada nas farmácias.

Diabete gestacional

A diabete gestacional acontece quando os hormônios da gravidez impedem que a insulina funcione normalmente no corpo. A insulina é uma substância produzida pelo pâncreas que permite que as células se alimentem de glicose (todo alimento que comemos se converte em glicose depois da digestão).

Quando há um desequilíbrio de insulina, a glicose (ou açúcar) não consegue entrar dentro das células, fica no sangue, atravessa a placenta e acaba chegando ao bebê.

Ter esse excesso de açúcar no sangue é como se você alimentasse seu filho todos os dias com doces e guloseimas, fazendo que ele engorde mais que o normal.

Geralmente os médicos tentam controlar a diabete gestacional através da alimentação, já que é comum que, depois do parto, os níveis de açúcar no sangue voltem ao normal. Mas como quem tem diabete gestacional fica com maior tendência de desenvolver diabete no futuro, é importante manter a alimentação equilibrada mesmo após o nascimento do bebê.

25 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Mesmo sem ar nos pulmões, seu bebê começa a fazer alguns exercícios de respiração. Por outro lado, os cinco sentidos estão se desenvolvendo com rapidez.

Tomografias do cérebro de fetos nesta fase mostram que os bebês respondem ao toque e que, se uma luz for colocada diante da barriga das mães, eles tendem a virar a cabeça, o que, segundo especialistas, indica o funcionamento do nervo óptico.

A cada dia que passa, seu filho se parece mais com o recém-nascido que será daqui a alguns meses. O cabelo já tem cor e textura, embora depois do nascimento elas possam mudar. Bebês que nascem com cabelo escuro muitas vezes depois ficam com cabelo claro e vice-versa.

Desenvolvimento fetal

O bebê agora já se aproxima de 700 gramas e mede 35 centímetros da cabeça até o calcanhar. Veja detalhes na figura abaixo:25 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O bebê faz o movimento da respiração, mas ainda não há ar nos pulmões. Com 26 semanas, exames de imagem cerebral em fetos mostram que há reação ao toque. Se você aproximar uma luz forte da barriga, o bebê vai virar o rosto, o que, segundo pesquisadores, indica que o nervo óptico está funcionando.

Em toda consulta do pré-natal, o médico vai medir sua pressão e ouvir o coração do bebê. Também pode ser que peça exames de sangue e de urina para detectar e controlar problemas típicos da gravidez como pré-eclâmpsia e diabete.

Você pode estar sentindo um pouco de dor e sensação de dormência nas mãos, nos pulsos e nos dedos. A região do túnel do carpo, no pulso, está inchada, assim como vários outros tecidos no seu corpo. Os nervos que passam por esse túnel acabam sendo pressionados, e essa pressão se manifesta na forma de dor aguda ou acompanhada da sensação de queimação.

O uso de uma faixa elástica pode ajudar, assim como a ingestão de vitamina B6. Converse com seu médico para discutir como se sentir melhor.

Como fica sua vida

Seu sono provavelmente não anda muito reconfortante devido a sonhos intensos ou a pesadelos. Isso é bem normal, já que, ao dormir, seu subconsciente vira o espaço para dar vazão a temores sobre a gravidez e seu futuro papel de mãe.

Além disso, a barriga maior torna difícil encontrar uma posição confortável na cama.

É recomendável começar a criar o hábito de dormir de lado (caso você ainda não faça isso). Travesseiros são seus grandes amigos, por isso use vários: entre as pernas, embaixo da barriga, na lateral ou onde eles a deixarem mais confortável.

Os seus cabelos

O bebê não é o único que está com mais cabelo. É bem possível que agora o seu cabelo esteja mais abundante e sedoso que antes. Não se assuste, porém, se ele cair, porque isso também ocorre para algumas gestantes.

Pode ser que você note ainda que seus pelos do corpo estão mais escuros e grossos e que resolveram aparecer no queixo, no lábio superior, nos seios e até na barriga. Isso ocorre devido ao aumento dos hormônios sexuais andróginos, mas tudo voltará à normalidade nas semanas posteriores ao nascimento do bebê.

26 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Nesta etapa da gravidez, se pudesse ser medido, o bebê teria algo em torno de 36 centímetros. Os olhos estão começando a abrir. Ele responderá melhor a sons mais no finalzinho do sétimo mês, quando a rede de nervos que se estende até o ouvido estiver completa.

A partir de agora até a hora do nascimento, o peso do seu filho triplicará, já que nas próximas semanas ele vai acumular gordura bem mais rapidamente. O bebê precisa de gordura para poder se ajustar à temperatura mais fria que o lugar tão quentinho em que está neste momento.

Além disso, a gordura será fonte de energia e calorias nos primeiros dias de vida. É comum que recém-nascidos, especialmente os que mamam no peito, percam peso na primeira semana depois de nascer.

Desenvolvimento fetal

Se pudesse medir seu bebê agora, você veria que ele está com cerca de 36 centímetros. Os olhos do seu bebê começam a se abrir nesta fase. Veja detalhes na figura abaixo:26 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

A reação a sons fica mais constante no final do sétimo mês, quando a rede de nervos que vai até o ouvido é concluída. Ele também continua “respirando”, apesar de respirar água, e não ar, é um bom treino para quando estiver do lado de fora do útero.

Seu bebê está crescendo muito rápido, e o desenvolvimento do cérebro é bastante intenso, por isso sua nutrição é importantíssima. Continue se alimentando com uma dieta equilibrada, com muitos grãos, verduras e legumes. Alimentos ricos em fibras, como pão, cereal e arroz integrais, são ricos em vitamina B e ajudam a aliviar o intestino preso.

Como fica sua vida

Você está se aproximando da reta final, o terceiro trimestre. Antes que possa imaginar, vai estar segurando seu bebê no colo.

Nesse período, algumas mulheres têm um leve aumento da pressão arterial, o que é normal. Mas, se seu peso subir muito, sua visão ficar embaçada e seus pés e mãos incharem de repente, pode ser que você esteja com pré-eclâmpsia.

Relaxe

O cansaço do primeiro trimestre pode estar voltando, então é melhor pegar leve.

Sempre que se sentir meio para baixo, paparique-se: você tem todo o direito. Um filme, uma revista, dormir até mais tarde, uma boa massagem especial para grávidas (ou mesmo improvisada pelo seu parceiro) ou uma manicure, coisas pequenas fazem milagres pelo seu bom humor.

Uma boa caminhada ao ar livre, em um lugar de natureza bonita ou coisas interessantes para olhar, também é um ótimo jeito de se sentir revigorada. Tenha cuidado apenas com o sol porque ele pode provocar ou piorar manchas no rosto.

27 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Agora que você se aproxima da fase final da gravidez, o terceiro trimestre, seu bebê começa a preencher todo o espaço disponível dentro do útero.

Ele já abre e fecha os olhos, dorme e acorda em intervalos regulares e pode chupar o dedo. Embora ainda estejam imaturos, os pulmões do seu filho são capazes de funcionar com ajuda médica, se por acaso ele nascer antes da hora.

É possível que você ande sentindo uns pulinhos ritmados dentro do seu corpo. São os soluços do seu filho! A partir de agora você tenderá a percebê-los bem mais, mas, não se preocupe, eles não incomodam o bebê.

Desenvolvimento fetal

Desejar ao bebê que “sonhe com os anjinhos” nesta fase não chega a ser besteira. Há especialistas que acreditam que os bebês começam a sonhar por volta da 28a semana de gravidez. Com o que eles sonham? Ninguém sabe ao certo. Veja detalhes na figura abaixo:27 semanas

Obs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O cérebro também está bastante ativo esta semana. Os sulcos característicos da superfície cerebral começam a aparecer, e mais tecido cerebral se desenvolve.

Se você sentir movimentos ritmados dentro da sua barriga, pode ter certeza de que são soluços, comuns esta semana e ao longo de toda a gravidez. Seu bebê soluça mesmo respirando líquido amniótico, e não ar. As crises de soluço não costumam durar muito tempo, e a sensação pode ser estranha, mas é mais engraçada que desagradável.

Seu útero já chega até a caixa torácica, o que explica a eventual falta de ar que você pode estar começando a sentir.

A partir de agora você se sente mais pesada, e nos últimos três meses da gravidez pode sofrer alguns outros incômodos como cãibras nas pernas, hemorróidas, varizes e coceira na barriga.

Se você tem sangue Rh-negativo, seu médico deve indicar nesta época um exame para detectar anticorpos anti-Rh, também chamados de anti-D, e aplicar uma injeção para combater a incompatibilidade e evitar problemas com o bebê. Talvez o médico indique a repetição da injeção com 36 semanas.

Como fica sua vida

Seu corpo muda rápido agora: o útero já está lá em cima, perto das costelas, e, dependendo da sua sorte, você está prestes a descobrir a delícia que é ter cãibras, hemorroidas ou varizes. (Se serve de consolo, essas coisas normalmente vão embora depois do parto.)

Se você está se sentindo cansada demais, talvez seu médico sugira um novo exame de sangue para ver se você está com anemia, uma deficiência nos glóbulos vermelhos. Muitas grávidas acabam sofrendo de um pouco de anemia devido às mudanças normais no corpo.

Se você tem sangue fator Rh negativo, e seu exame de sangue prévio deu negativo para anticorpos anti-Rh, você provavelmente vai fazer um novo exame nesta época.

Desejos de comida

Escute seu corpo: muitas vezes os desejos acontecem como uma espécie de sinal do organismo sobre alguma carência alimentar.

Se tem desejos de comer carne, por exemplo, pode ser uma indicação de que está necessitando de mais ferro ou proteína em sua alimentação. Da mesma forma, vontade de comer sorvete ou queijo pode ser sinal de carência de gordura ou cálcio.

Claro que isso se aplica a alimentos e não terra, tabaco ou pintura seca, sintomas de um transtorno alimentar que afeta mulheres grávidas conhecido como pica. Neste caso, converse com seu médico.

28 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Começou oficialmente o terceiro trimestre! As unhas do seu bebê estão se desenvolvendo, e camadas de gordura se formam aos poucos sob a pele, nos preparativos para a vida fora do útero.

Se você gosta da ideia de interagir com o bebê mesmo antes de ele nascer, uma boa maneira de fazer isso é ler ou cantar para ele. Ou mesmo conversar. Estudos e a experiência de outras mães mostram que o bebê reconhece a voz da mãe assim que nasce.

Mas, se achar estranho fazer isso, não se preocupe. Seu bebê vai reconhecer sua voz de qualquer jeito.

Seu filho já tem até cílios! Logo ele estará olhando para você. Olhar nos olhos do seu filho pela primeira vez é uma das melhores experiências da maternidade.

Desenvolvimento fetal

Esta semana, seu bebê ultrapassou a barreira de 1 quilo e pode medir 38 centímetros. Veja detalhes na figura abaixo:28 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Você chegou à reta final. O terceiro e último trimestre da gravidez começa oficialmente na 29a semana, que se inicia agora, é vai até o termo, a conclusão da gestação, entre 37 e 42 semanas. O ganho de peso é mais rápido: a maioria das mulheres engorda em média 5 quilos só neste trimestre.

O bebê abre os olhos e vira a cabeça se perceber uma luz forte fora da barriga. A camada de gordura sob a pele está se formando.

É provável que você esteja dividida: por um lado, parece que faz séculos que está grávida; por outro, pode começar a ficar ansiosa e preocupada com a aproximação do parto e da chegada do bebê.

Para amenizar o nervosismo, pode ser útil elaborar uma lista de coisas a fazer. Além de tentar decidir de vez o nome do bebê, comece a pensar concretamente em como vai ser a vida depois do nascimento do seu filho.

Nas últimas semanas da gravidez, você deve começar a ir ao médico com mais frequência.

Como fica sua vida

Talvez o médico peça alguns exames extras nessa fase. Um exame de sangue pode detectar uma diabete gestacional, por exemplo.

Para mulheres que têm sangue Rh negativo, está chegando a hora de tomar a vacina para evitar problemas na hora do parto, no caso de o bebê ser Rh positivo. Uma nova injeção é aplicada depois que o bebê nasce, caso seja comprovado que ele é Rh positivo.

Preparativos e enxoval

O tempo passa rápido e é melhor colocar a mão na massa para aprontar tudo. Se você pretende fazer chá de bebê, agora é a hora de fazer o planejamento. Confira ideias para chás de bebê bem originais, sugestões de presentes e fotos para se inspirar.

Para o quarto do bebê, é bom providenciar logo pelo menos os móveis. Veja informações sobre o que é essencial comprar e sobre a decoração, e confira fotos de quartos de menino e quartos de menina.

29 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Os músculos e os pulmões do bebê continuam se desenvolvendo, e a cabeça está crescendo para acomodar o cérebro, que está cada dia maior. Com tanto crescimento, ele precisa de muitos nutrientes.

Se você está esperando um menino, os testículos dele estão descendo de perto dos rins para a região da virilha. Se você espera uma menina, o clitóris dela ainda está relativamente saltado, porque os lábios da vagina ainda não conseguem cobri-lo.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê está pesando cerca de 1,1 quilo, com 38 centímetros de comprimento. Veja detalhes na figura abaixo:29 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Nos meninos, os testículos descem de perto dos rins até a virilha, a caminho do saco escrotal. Nas meninas, o clitóris fica relativamente saliente, porque ainda não foi coberto pelos lábios vaginais que vão crescer e cobrir o clitóris nas últimas semanas antes do nascimento.

A cabeça do seu bebê está crescendo, e o cérebro se desenvolve bem depressa. Quase todos os bebês são capazes de reagir a sons na 30a semana de gestação.

As necessidades nutricionais do bebê chegam ao ponto máximo no terceiro trimestre. Você vai precisar de muita proteína, vitamina C, ácido fólico, ferro e cálcio (cerca de 200 miligramas de cálcio são depositados no esqueleto do bebê por dia), portanto prefira alimentos ricos nesses nutrientes.

O esqueleto do bebê fica cada vez mais rígido, e o cérebro, os músculos e os pulmões continuam amadurecendo.

Como fica sua vida

Seu apetite está aumentando, porque o bebê está num estirão de crescimento e precisa de energia. Tente resistir à tentação de comer doces e alimentos gordurosos demais. Veja nossas dicas para um fast food mais saudável.

É importante comer alimentos como feijão e verduras escuras, que são ricos em ferro, para afastar o risco de anemia.

Muitos médicos recomendam vitaminas especiais para o pré-natal, que contêm ferro e cálcio. Só que esses suplementos podem agravar ainda mais sua prisão de ventre. Capriche na ingestão de fibras.

O dilema: parto normal ou cesárea?

Você já deve ter ouvido a pergunta mil vezes. Vai fazer parto normal ou cesariana? Existem muitas opiniões e é difícil tomar uma decisão.

A melhor maneira é se informar ao máximo sobre o assunto para decidir, junto com o médico, o caminho mais adequado. Quando você mostra que sabe sobre o assunto, acaba mostrando para o profissional que acompanha sua gravidez que também quer participar das decisões sobre seu bebê.

Temos uma seção inteira sobre o parto para você explorar. Leia também as histórias de parto enviadas por nossas leitoras. Nada como experiências da vida real para ajudar você a formar sua opinião.

30 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Seu bebê flutua dentro de quase meio litro de líquido amniótico. A quantidade de líquido vai diminuir com o passar das semanas, à medida que o bebê vá ocupando quase todo o espaço disponível.

Ele já consegue diferenciar claro e escuro, e pode até seguir com os olhos uma luz que se mexa do lado de fora da barriga (como uma lanterna). Quando nascer, o bebê ficará com os olhos fechados boa parte do tempo. Mas, quando os abrir, vai enxergar bem a pessoa que o estará segurando no colo: você!

Desenvolvimento fetal

Os pulmões e o sistema digestivo do seu bebê estão praticamente prontos. O crescimento vai diminuir de ritmo nas próximas semanas (ele mede cerca de 40 centímetros agora), mas ele continuará engordando até nascer. Veja detalhes na figura abaixo:30 semanas

Obs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Esta semana, seu bebê provavelmente consegue enxergar o que acontece dentro do útero, distinguindo claro de escuro e até acompanhando uma fonte de luz. Se você acender uma lanterna perto da barriga, pode ser que o bebê mexa a cabeça para olhar para a luz ou tente pegar o brilho. Há especialistas que acreditam que esse tipo de estímulo seja positivo para o desenvolvimento visual do feto.

Mas não ache que seu bebê terá uma visão perfeita assim que nascer, recém-nascidos só enxergam bem a uma distância de entre 20 e 30 centímetros. (Mesmo as crianças de visão normal só enxergam com 100 por cento da visão entre os 7 e os 9 anos de idade.) Para arrematar o olhar, seu bebê já tem sobrancelhas e cílios.

O bebê está envolto por cerca de 1 litro de líquido amniótico, mas esse volume vai diminuindo conforme a criança cresce e sobra menos espaço no útero.

Não se assuste se ficar com falta de ar; é só seu útero pressionando o diafragma. Mas há uma luz no fim do túnel. Por volta de 34 semanas de gravidez (ou logo antes do parto, se esta for sua segunda ou terceira gravidez), a cabeça do bebê vai encaixar no seu quadril, nos preparativos para o parto. Quando isso acontecer, vai ficar bem mais fácil respirar.

Como fica sua vida

Assustada por ter engordado muito esta semana? Neste mês, as grávidas ganham entre 1,5 e 2 quilos, e é absolutamente normal engordar cerca de meio quilo por semana no último trimestre.

Seu bebê está exigindo o máximo de nutrientes para crescer tudo o que pode antes de nascer. E sua barriga vai ficando cada vez maior. Tem gente que adora, tem gente que detesta.

Se você está gostando, desfile o barrigão por aí. Se não, o consolo é que não falta muito agora. Há barrigas de todos os formatos e tamanhos: alta, baixa, espalhada, compacta.

Mau humor e choro

Lembra que no começo da gravidez você estava supersensível e com vontade de chorar por qualquer coisa? Essa sensação deve começar a voltar agora. As variações de humor são comuns no final da gravidez. Experimente assistir ao noticiário, principalmente se tiver alguma coisa a ver com criança. Chorar vai ser inevitável.

Você tem muita coisa na cabeça: a aproximação do parto, as dúvidas sobre se vai ser uma boa mãe, as despesas com os preparativos, a questão do trabalho. E dormir mal não ajuda. Ainda mais com sonhos esquisitos para atrapalhar!

Se a tristeza e o mau humor estiverem prejudicando demais a sua vida e a da sua família, vale a pena falar com o médico, porque 10% das grávidas sofrem de depressão neste finalzinho da gestação, e há remédios que podem ajudar sem prejudicar o bebê.

Tratar da depressão agora também ajuda a prevenir uma depressão pós-parto mais grave depois.

31 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Seu bebê está pesando cerca de 1,5 kg, e em breve vai ter um “estirão”, crescendo rápido. Agora ele já consegue virar o pescoço para os lados.

Muitas crianças são mais ativas durante a noite, dentro da barriga. Já aconteceu de o bebê acordar você com as cambalhotas? Esse movimento todo é normal, e significa que seu filho está saudável.

O bebê está acumulando gordura nos últimos meses, e os braços e pernas já estão mais torneados.

Desenvolvimento fetal

Os braços, as pernas e o corpo todo do bebê continuam sendo recheados de tecido adiposo e finalmente os membros são proporcionais em relação ao tamanho da cabeça. Ele pesa cerca de 1,5 quilo e já se parece mais com um recém-nascido. O comprimento total é de 41 centímetros. Veja detalhes na figura abaixo:31 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Talvez você perceba que seu bebê não está mais fazendo tantos movimentos bruscos quanto antes. Não se preocupe, a questão é que está faltando espaço. Desde que você sinta algum movimento, não há problema. Acredite se quiser, ele ainda tem muito o que crescer. O bebê vai ganhar mais quase 1 quilo antes de nascer.

Os órgãos do seu bebê continuam a amadurecer, e ele já urina água, num treino do trato urinário para depois do nascimento. Exames que produzem imagens do cérebro já mostraram que, por volta do oitavo mês de gravidez, os fetos têm padrões de sono característicos da presença de sonhos.

Não se assuste se tiver engordado 2 quilos só este mês. É normal no último trimestre ganhar quase meio quilo por semana, já que o bebê está crescendo rápido para se preparar para nascer. Se estiver calor, o inchaço natural desta fase, causado pelo acúmulo de líquido, pode contribuir para seu aumento de peso.

Como fica sua vida

Você já notou sua barriga ficando dura de vez em quando? Muitas vezes nem é a barriga toda, mas sim só um pedaço. São as chamadas contrações de treinamento, que são inofensivas, embora às vezes sejam chatas.

Só há motivo de preocupação se você sentir mais de três ou quatro contrações em uma hora, ou se estiver perdendo líquido ou secreção vaginal diferente do normal. Converse com o médico se estiver sentindo cólicas como se fossem as da menstruação, ou dores nas costas que vêm e vão. Podem ser sinais de ameaça de parto prematuro.

Como vai sua atividade física? Nesta fase fica difícil fazer exercícios muito vigorosos, mas há atividades boas para grávidas barrigudas como você: caminhada, hidroginástica, ioga.

Lembre-se também de tomar muito líquido. A água de coco é uma ótima opção. Uma ou duas xícaras de chá verde por dia não fazem mal. Mas preste atenção para não exagerar nas bebidas com cafeína, como refrigerantes e café. O chá de boldo não é recomendado na gravidez.

O surgimento do colostro

Muitas mulheres se surpreendem ao ver que seu peito está vazando líquido antes mesmo de o bebê nascer. O líquido é o colostro, uma espécie de “pré-leite”.

O importante para você é saber que:

É normal vazar colostro durante a gravidez.

É normal NÃO vazar colostro durante a gravidez.

Vazar ou não colostro não tem nada a ver com a quantidade de leite que você vai produzir quando o bebê nascer.

Se o seu peito começar a vazar, você vai ter de usar protetores de seio. Dormir de sutiã, nesse caso, vai ser inevitável. Procure um sutiã que seja bem confortável, sem fechos que incomodem à noite, e com boa sustentação. Tops de ginástica costumam funcionar bem.

32 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Se você está esperando um menino, os testículos dele já devem ter descido até o saco escrotal. Às vezes, quando o bebê nasce, um dos testículos (ou os dois) não chegou à posição definitiva, mas não há razão para se preocupar.

Os casos de criptorquidia (testículos que não desceram) costumam se corrigir sozinhos até a criança completar 1 ano de idade.

O bebê está ocupando quase todo o espaço da sua barriga, mas isso não quer dizer que ele fique menos ativo. Talvez você tenha ouvido dizer que os bebês se mexem menos no final da gravidez, mas não é verdade. O que acontece é que os movimentos ficam diferentes.

Se você achar que o bebê está quietinho demais, coma alguma coisa doce e deite-se. Se mesmo assim passarem algumas horas e você não sentir movimento, procure o médico. Normalmente não é nada, mas é melhor verificar.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê pesa aproximadamente 1,7 quilo, e tem cerca de 42 centímetros de comprimento. Veja detalhes na figura abaixo:32 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Embora os pulmões estejam entre os últimos órgãos do bebê a amadurecer, seu filho já inspira o líquido amniótico, treinando para respirar e exercitando os pulmões. É possível enxergar o movimento da respiração num exame de ultra-som.

Cabelo grosso ao nascer não quer dizer necessariamente que a criança vá ter cabelo grosso mais tarde, mas bebês que nascem com o cabelo bem fininho tendem a ter cabelo fino quando adultos.

Se você estiver esperando um menino, os testículos dele devem estar descendo do abdome para o saco escrotal. Às vezes, no entanto, um dos testículos, ou os dois, não está na posição certa quando o bebê nasce.

Em dois terços dos casos de meninos que nascem com criptorquidia (testículo que não desceu), o problema se resolve sozinho até o primeiro aniversário.

É provável que você esteja engordando até meio quilo por semana. Isso acontece porque nas últimas sete semanas de gravidez o bebê ganha metade do peso total que terá ao nascer. É bom garantir, portanto, que você esteja comendo bem nesta reta final.

Como fica sua vida

Você deve estar engordando cerca de meio quilo por semana, e mais ou menos metade disso vai direto para o bebê. Está preocupada com o aumento de peso? Use a calculadora de ganho de peso na gravidez para saber se você engordou muito ou pouco.

A quantidade de sangue que circula no seu corpo aumentou muito: está 40% a 50% maior do que era antes da gravidez. Esse sangue compensa eventuais perdas que aconteçam na hora do parto. Por causa desse sangue todo, às vezes aparecem sangramentos chatos nas gengivas e pelo nariz.

À medida que a barriga cresce, seu centro de equilíbrio muda. Fica muito fácil perder o equilíbrio, cair ou trombar nas coisas. A coluna também sofre. O alongamento ajuda a aliviar a dor nas costas.

Uma dor chata na virilha, no quadril ou no osso púbico pode ter aparecido (ou piorado!).

As contrações de treinamento podem surgir com mais frequência. Sempre que sentir uma muito perto da outra, procure ir ao banheiro fazer xixi e tomar um copo de água. São medidas que costumam ajudar.

Definição do nome

O nome do bebê já está escolhido? Ou ainda há alguma dúvida? Às vezes o nome é decidido bem no comecinho da gravidez e, quando vai chegando a hora de o bebê nascer, os pais descobrem que enjoaram do nome, ou que ele ficou comum demais.

Se você quer um nome mais original, é bom dar uma olhada em quais são os nomes da moda no Brasil, porque outras pessoas podem estar exatamente com a mesma ideia que a sua.

Ainda em dúvida? Monte a sua enquete com as opções e submeta à votação dos seus amigos.

33 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Seu bebê está cada vez mais comprido. Pode já ter 44 centímetros. Ao mesmo tempo, continua engordando para perder as ruguinhas.

A maioria dos ossos já está endurecendo, menos os da cabeça. Na verdade, o crânio do bebê é formado por ossos separados, com um certo espaço entre eles. Na hora do parto, eles se aproximam e fazem a cabeça se estreitar para passar pelo canal vaginal. Veja em vídeo como isso acontece.

Os ossos da cabeça do bebê só se juntam definitivamente quanto ele tem cerca de 1 ano e meio de idade.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê chegou ao marco de 2 quilos, e mede por volta de 44 centímetros. Veja detalhes na figura abaixo:33 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Nesta fase, a criança começa a se posicionar para o parto, e normalmente fica de cabeça para baixo.

Seu médico vai monitorar com atenção a posição do bebê nas próximas semanas. Alguns bebês resolvem ficar sentados, o que pode prejudicar a perspectiva de parto normal.

A cabeça do seu bebê ainda é relativamente flexível, e os ossos não se fundiram completamente. Um dos motivos para isso é facilitar a passagem pelo canal do parto. Mas os ossos do restante do corpo estão ficando cada vez mais rígidos. A pele do bebê também perde o aspecto avermelhado e enrugado.

Se for o seu primeiro filho, há mais chances de o bebê encaixar a cabeça na pelve esta semana, pressionando seu colo do útero. (Isso acontece com cerca de metade das mães de primeira viagem).

Para quem já teve outro filho, a previsão é que o encaixe aconteça uma semana antes do parto e em algumas mulheres o bebê só “desce” no começo do trabalho de parto.

Pode ser que seus pés e suas mãos comecem a inchar, principalmente no fim do dia. A retenção de líquidos, também chamada de edema, costuma piorar nos dias quentes. O surpreendente é que beber bastante líquido na verdade ajuda a amenizar o inchaço. Seu corpo, e em especial os rins e seu bebê precisam de muito líquido, portanto beba bastante água.

Se o inchaço vier muito de repente, porém, nas mãos ou no rosto, não hesite em procurar o médico, pode ser um sinal de pré-eclâmpsia, uma perigosa elevação da pressão arterial à qual estão sujeitas as gestantes, às vezes até aquelas que sempre tiveram pressão baixa.

Como fica sua vida

Quando você levanta, de manhã, suas mãos doem? Você sente os dedos formigando à noite? São problemas comuns nesta fase da gravidez. Os tecidos do pulso incham e pressionam os nervos, o que causa a dor chata nas mãos.

Outro sintoma inesperado da gravidez é a coceira. Existe até a lenda de que coçar a barriga dá estria. A coceira generalizada é muito desagradável, mas é normal. Converse com o médico para ver o que pode fazer para aliviá-la.

Se você estiver com uma coceira muito forte, principalmente nos pés e nas mãos, procure o médico, porque pode ser sinal de um problema mais sério, a colestase obstétrica.

Chá de bebê

Se ainda pretende fazer um chá de bebê, é bom começar a se planejar. Não vale a pena deixar para a última hora. Temos muitas dicas sobre como planejar o chá de bebê, além de ideias para uma festa bem original.

Tem gente que faz até vários chás de bebê: um na empresa, um com as amigas, um com a família… O gostoso é se reunir em torno de um acontecimento incrível: a chegada do seu bebê. Vote também na nossa enquete: você acha deselegante fazer lista de presentes?

34 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Se sua grande preocupação é o parto prematuro, pode ficar mais aliviada. A maioria dos bebês que nasce nesta fase não enfrenta grandes problemas de saúde. Mas o melhor mesmo é ficar lá dentro por umas boas semanas, para ganhar peso.

Os pulmões do bebê já estão desenvolvidos, e o sistema nervoso continua amadurecendo.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê está pesando 2,2 quilos, mais ou menos, e já passa dos 45 centímetros de comprimento. Veja detalhes na figura abaixo:34 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

O bebê está ficando cada vez mais gordinho, pois vai precisar da camada de gordura para conseguir controlar a temperatura do próprio corpo depois que nascer.

Se você ainda não tomou coragem para conversar com seu bebê, este é um bom momento para começar. Na 35a semana de gestação a audição do bebê está completamente desenvolvida.

Não precisa se sentir ridícula se de repente perceber que está falando com vozinha de criança. Existem provas científicas de que os recém-nascidos prestam mais atenção a sons agudos.

O parto prematuro é sempre uma possibilidade preocupante, mas é tranquilizador saber que mais de 90 por cento dos bebês que nascem na 35a semana de gestação são capazes de sobreviver e a grande maioria sem grandes problemas de saúde. O sistema nervoso central do seu bebê ainda está amadurecendo, mas os pulmões já estão praticamente prontos a esta altura.

Muitas mulheres começam a perceber uma sensação de dor ou dormência nos quadris ao caminhar, que é causada pelo afrouxamento das articulações da região pélvica, que se prepara para o parto.

Se o desconforto for muito grande, não deixe de mencioná-lo para o médico nas consultas, que agora começam a ser mais frequentes.

Como fica sua vida

Pode ser que você tenha uma sensação de formigamento ou dor no quadril. É a pressão do peso do bebê sobre os nervos. Técnicas de relaxamento ou uma massagem podem ajudar, mas, se o incômodo for muito grande, não deixe de mencioná-lo para o médico.

Você anda tendo quedas de pressão e sensação de desmaio e tontura? É um sintoma desagradável, mas normal nesta fase. Os motivos podem ser vários. O calor é o mais frequente. Levantar-se muito rápido e ficar muito tempo sem comer são outros fatores que causam esse mal-estar.

Às vezes a grávida se sente mal quando está deitada de barriga para cima. O peso do bebê pressiona as veias e faz o coração mudar de ritmo. É só mudar de posição para se sentir melhor. É por isso que muitas vezes os médicos recomendam às grávidas dormir de lado.

É capaz que você esteja sentindo o cansaço bater. É compreensível, com todas as mudanças por que seu corpo tem passado. Procure fazer as coisas com calma para guardar energia. Não se estresse se o quarto não estiver pronto, ou as lembrancinhas providenciadas.

No final, tudo dá certo. Algumas roupinhas e o seu leite materno bastam para o bebê nos primeiros dias. O resto é detalhe.

Os soluços do bebê

Não se sabe bem por que o bebê soluça, mas que ele soluça, soluça. E soluça a toda hora! Você já deve ter sentido. São “pulinhos” ritmados.

O soluço é um movimento involuntário do diafragma. O aparecimento dos soluços no bebê é até uma boa notícia: significa que o sistema nervoso dele está totalmente desenvolvido. Aproveite os momentos de soluço para que o papai ou outra pessoa possam sentir o bebê.

Se você nunca sentiu, procure prestar atenção. Mas não se preocupe, porque dependendo da posição do bebê e do corpo da mãe às vezes ela não sente mesmo. Depois que o bebê nascer, ele vai continuar soluçando várias vezes ao dia por um bom tempo.

35 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Os movimentos do bebê dentro da sua barriga estão um pouco diferentes. Em vez de tantos chutes, você sente uns “rolamentos”. É que o espaço está ficando bem mais apertado.

Os rins do bebê estão totalmente desenvolvidos e o fígado também está começando a funcionar. Os órgãos estão quase todos formados, e a partir de agora a tarefa principal será ganhar peso.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê está pesando por volta de 2,4 quilos, com 45 centímetros de comprimento. Veja detalhes na figura abaixo:35 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Olhando para sua barriga, é capaz de você conseguir distinguir, de vez em quando, o contorno de um cotovelo, um pé ou da cabeça. Daqui a pouco, como a parede do seu útero e do seu abdome fica cada vez mais fina e deixa passar mais luz, ele vai começar a ter ciclos de atividade durante o dia.

Esta semana, os dois rins do seu bebê estão totalmente prontos. O fígado também já consegue processar substâncias de que o corpo não vai precisar.

O volume de líquido amniótico diminuiu bastante, pois o bebê ocupa muito mais espaço dentro da barriga. O útero cresceu nada menos que mil vezes em relação ao tamanho original. Nesta fase você já deve ter engordado entre 11 e 14 quilos, e seu umbigo pode estar saltado e maior.

Talvez você tenha falta de ar, porque o útero está próximo às costelas. Experimente ficar de quatro para conseguir respirar mais fundo. Mesmo que o peso do útero sobre a bexiga a faça ir ao banheiro sem parar, não reduza sua ingestão de água, seu bebê precisa de bastante líquido.

Uma boa ideia, contudo, é diminuir o consumo de bebidas diuréticas, como chá, café e refrigerante, que podem multiplicar sua vontade constante de fazer xixi.

Logo seu médico deve pedir que você compareça a consultas semanais até o parto.

Como fica sua vida

Parece que você não tem mais para onde crescer? Seu útero cresceu mil vezes em termos de volume, comparado ao que era antes da gestação, e pressiona suas costelas. A boa notícia é que você já engordou praticamente Ganho de peso na gravidez
Tente arranjar um tempinho para descansar depois do almoço. No trabalho, é bom ir deixando as coisas organizadas. Nunca se sabe quando você vai ter de parar, se é que já não parou.

É possível que o médico queira que você vá à consulta com mais frequência: uma vez a cada 15 dias ou uma vez por semana. Talvez peçam que você faça o teste para o estreptococo do tipo B. É um exame simples que indica a necessidade de tomar ou não antibiótico na hora do parto.

Mudança no jeito de andar

Você certamente já notou que, vistas de costas, grávidas têm um jeitinho todo especial de andar: com as pernas meio abertas, pés apontados para fora, meio se balançando para cada lado a cada passo.

E não é só isso: você também vai andar mais devagar. Não se surpreenda de ter de pedir às outras pessoas que esperem você na hora de passear no shopping ou de sair para almoçar no trabalho.

Isso não impede que você continue caminhando. Andar é um ótimo exercício. Junto com a ioga e a hidroginástica, é uma das poucas atividades físicas que ainda dá para fazer de barrigão.

Além disso, vai ficar cada vez mais difícil dirigir. A legislação brasileira não impõe restrições para dirigir no último mês da gravidez, mas use o bom senso. Utilize sempre cinto de três pontos e tente manter alguma distância entre a barriga e o volante. Quando a distância deixar de existir, é hora de parar.

36 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Reta final! Quando esta semana terminar, seu bebê estará oficialmente “a termo”, ou seja, não será mais prematuro se resolver nascer antes da hora. Mas o melhor é não ter pressa. Lembre-se de que a gestação dura oficialmente 40 semanas.

O mais provável é que seu bebê esteja na posição certa para nascer, ou seja, de cabeça para baixo. No Brasil, poucos médicos fazem parto vaginal quando o bebê está sentado. Se o bebê não virar até a hora do parto, você provavelmente terá de fazer uma cesariana.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê continua engordando até 30 gramas por dia. Ele deve estar pesando por volta de 2,7 quilos, com 45 centímetros de comprimento. Veja detalhes na figura abaixo:36 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Pode ser que você sinta aumentar a pressão no baixo ventre, e note que seu bebê está descendo. Quando ele encaixar, seus pulmões e seu estômago vão agradecer, e você conseguirá respirar e comer um pouco melhor.

Andar, porém, vai ficar cada vez mais desconfortável, há mulheres que dizem que parece que o bebê vai despencar a qualquer momento. Além disso, a vontade de fazer xixi dificilmente dará trégua.

A boa notícia é que, no fim desta semana, sua gravidez será considerada “a termo”, ou seja, se o bebê nascer já não vai mais ser considerado prematuro.

Na consulta de pré-natal, agora semanal, seu médico pode querer fazer um exame de toque para ver se seu colo do útero já começou a dilatar (abrir) e apagar (afinar). O médico também vai verificar a posição do bebê, para determinar se ele já está encaixado.

Como fica sua vida

Agora que o bebê está grande, pressionando todos os seus órgãos, pode ser que você não tenha mais tanta fome quanto tinha há algumas semanas. É melhor comer pequenas porções e com mais frequência.

A falta de ar é um sintoma desagradável dessa fase. Avise o médico, porém, se tiver falta de ar em consequência de uma gripe. Grávidas ficam mais sujeitas a infecções, portanto é sempre bom ficar atenta.

Se for seu primeiro filho, em algum momento daqui para a frente o bebê pode encaixar. Caso isso aconteça, seus pulmões e seu estômago terão um refresco: vai ficar mais fácil respirar e comer. Andar, porém, é outra história. Algumas mulheres dizem que parece que o bebê vai despencar a qualquer momento. Sabe aquelas grávidas que só conseguem sentar de pernas abertas? Então.

Para mães de segunda viagem ou mais, o bebê normalmente só “desce” poucas horas antes do parto.

Esquecida

Você anda esquecendo compromissos? Está difícil trabalhar? A sensação de estar avoada é comum neste último trimestre.

Além das mudanças hormonais, você provavelmente não está dormindo direito de tantas vezes que precisa levantar para fazer xixi. Tem um monte de coisas para organizar, e não consegue parar de pensar em como vai ser o parto e o rostinho do bebê. Para ajudar, relembre as táticas para dormir bem na gravidez.

É ótimo guardar o máximo de licença-maternidade para depois do parto, mas não precisa ser supermulher: se você estiver se sentindo muito pesada e estiver difícil trabalhar, converse com o obstetra.

37 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Parabéns! Teoricamente o bebê está pronto. Se nascer a partir de agora, não será mais considerado prematuro, e sim um bebê “a termo”. Mas, quanto mais tempo ele ficar na barriga para ganhar peso, melhor.

Esta semana o bebê está perdendo o lanugo, uma penugem que o cobria até agora. Também perde o verniz caseoso (também chamado de vérnix), que é uma camada gelatinosa que cobria a pele dele para protegê-la. Parte dessa película ainda pode estar lá quando ele nascer.

Tanto o lanugo como o verniz são engolidos pelo bebê, e vão formar seu primeiro cocô, uma mistura quase preta chamada mecônio.
Alguns bebês nascem bem cabeludos, e outros completamente carecas. Saiba no entanto que tanto a cor quanto a textura do cabelo (liso, crespo, grosso, fino) podem mudar depois dos primeiros meses.

Desenvolvimento fetal

Seu bebê pesa por volta de 2,8 quilos, e pode ter até 50 centímetros de comprimento. Veja detalhes na figura abaixo:37 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

A cabeça, do bebê, na maioria dos casos, está encaixada na cavidade pélvica, cercada e protegida pelos ossos da sua pelve. Essa posição abre espaço para as pernas e o bumbum do bebê, que estão bem apertados dentro do útero.

Muitos bebês já são cabeludinhos, com fios de cabelo de até 2,5 centímetros. Mas não se surpreenda se a cor do cabelo do seu filho for totalmente diferente da do seu. Casais de cabelos castanhos são pegos de surpresa às vezes com um filho bem loiro, e o contrário também acontece. E há, é claro, aqueles bebês que nascem totalmente carecas.

Por falar em cabelo, a maior parte da camada de pelo fininho, o lanugo, que cobria seu bebê a partir da 26a semana já desapareceu, assim como a maioria do verniz caseoso, a substância esbranquiçada e viscosa que também envolve o corpo dele.

O bebê vai engolir o lanugo e o verniz junto com outras secreções, e eles ficarão armazenados no intestino, para formar o primeiro cocô do seu filho, uma substância escura, quase preta, chamada mecônio.

Como fica sua vida

É provável que esta semana você tenha dificuldades para dormir. Há pesquisas mostrando que o terceiro trimestre é o pior para o sono da grávida. Dormir quase sentada, com a ajuda de travesseiros, ajuda a aliviar a azia. Leia mais sobre como se alimentar bem neste finzinho de gravidez.

Nesta etapa talvez você sinta com mais frequência as contrações de treinamento. Às vezes elas vêm seguidas e dão até a impressão de que é o trabalho de parto. Para ser trabalho de parto mesmo, elas têm de ser cada vez mais fortes.

É possível que você tenha mais secreção vaginal. Isso é normal. Um fiapinho de sangue na calcinha também não é motivo de preocupação. Mas procure o médico se tiver sangramento de verdade.

Prevenindo a pré-eclâmpsia

Uma grande preocupação dos médicos nesta fase da gravidez é a pré-eclâmpsia. Por isso eles sempre vão tirar sua pressão nas consultas, que agora são mais frequentes. Os três sintomas preocupantes são: pressão alta, mãos e rosto inchados e presença de proteína na urina. Dor de cabeça forte e alterações na visão também são sinais de alerta.

Se o médico achar que você corre risco de ter pré-eclâmpsia, pode querer adiantar o parto, seja fazendo uma cesariana, seja induzindo o parto normal.

38 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Seu bebê vem engordando a cada dia! Já está bem esperto. Consegue segurar coisas com as mãos, como o cordão umbilical. Depois que nascer, vai segurar seu dedo bem forte. Os órgãos estão totalmente desenvolvidos e no lugar certo. Os pulmões e o cérebro já funcionam, por isso se ele nascer antes das 40 semanas não deve enfrentar nenhum problema.

Que cor vão ser os olhos? Se a criança nasce já de olhos castanhos, eles devem ficar assim. Mas, se forem cinzentos ou azulados, podem ir para qualquer lado: azuis, verdes, castanho claro e até castanho escuro. A cor só vai se definir lá pelos 9 meses.

Desenvolvimento fetal

Nessa semana, os bebês pesam em média entre 3 e 3,2 quilos, e continuam acumulando gordura para ajudar a controlar a temperatura depois do nascimento. Veja detalhes na figura abaixo:38 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Os órgãos e sistemas do seu bebê estão plenamente desenvolvidos, mas os pulmões são os últimos a amadurecer por completo. (Mesmo depois do nascimento, pode ser que demore algumas horas para que o bebê adquira um ritmo normal de respiração.)

Morrendo de curiosidade com a cor dos olhos do seu filho? A maioria dos bebês nasce com olhos azul escuro, mas a verdadeira cor só se define mesmo vários meses depois. A cor que você verá logo depois do parto vai durar pouco, a exposição à luz muda imediatamente a cor dos olhos do bebê.

No caso de bebês negros ou de origem asiática, os olhos são cinzentos ou castanhos no começo, e assumem o tom preto ou castanho escuro depois dos primeiros seis meses de vida, ou até depois do primeiro aniversário.

Como fica sua vida

Estas duas últimas semanas demoram um pouco para passar. Mas é um bom momento para dar os últimos retoques no quarto do bebê ou fazer coisas que depois não vai poder fazer: ir ao cabeleireiro, resolver uma questão no banco, rechear os armários para não ter de fazer supermercado tão cedo…

O inchaço nas pernas e nos pés é bem comum nesta fase, ainda mais se estiver calor. Se você inchar de repente no rosto ou nas mãos, ou aumentar muito de peso de um dia para o outro, avise o médico, porque esses são sintomas da pré-eclâmpsia.

Você está com outros sintomas? Veja aqui uma lista completa de incômodos da gravidez.

Uma toalha embaixo do lençol pode ajudar a evitar manchas no colchão se por acaso estiver vazando colostro dos seus seios. Dependendo, também pode diminuir o desastre se a bolsa estourar no meio da noite.

Participação do papai

O futuro papai também deve estar mega ansioso com a chegada do bebê. Pode ser que ele fique aflito de ver a mulher chorando (lágrimas e variações de humor são típicas dessa fase) e se sinta meio impotente.

Há várias coisas que ele pode fazer: conferir se está tudo certo com a parte dele da mala da maternidade, ler sobre o que fazer assim que o bebê nascer, se informar sobre como tirar a certidão de nascimento e até criar um clima para as últimas relações sexuais antes de o bebê chegar.

39 semanas de gravidez

Como seu bebê está crescendo

Seu bebê já está pronto para chegar ao mundo! Agora ele está acumulando gordura para poder se manter quentinho depois que nascer. Os meninos tendem a nascer um pouco maiores que as meninas.

Os órgãos do bebê estão totalmente desenvolvidos. Conforme ele vai engordando, as ruguinhas e as “pelancas” vão desaparecendo. Apesar de ele estar bem apertadinho dentro do útero, vai continuar se mexendo bastante até a hora de nascer.

Se você achar que os movimentos do bebê diminuíram ou pararam, procure o médico. O mais provável é que o bebê esteja apenas dormindo, mas o melhor é tirar a dúvida e descartar a probabilidade de algum problema.

Desenvolvimento fetal

O peso considerado normal para um recém-nascido é entre 2,5 e 3,8 quilos. O comprimento pode variar entre 46 e 54 centímetros. Veja detalhes na figura abaixo:39 semanasObs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero.

Seu líquido amniótico, que era translúcido, agora está mais opaco e leitoso por causa do verniz caseoso, a camada viscosa que envolvia o bebê e começa a se desfazer. As camadas mais externas da pele dele também estão descamando, enquanto se forma uma camada nova.

Nas novelas e nos filmes, o trabalho de parto é sempre fácil de distinguir: na primeira contração a grávida já fala, decidida, “Chegou a hora”, ou então a bolsa estoura no meio de uma sala lotada, causando quase uma inundação.

Mas a realidade é bem diferente da ficção. A bolsa só se rompe em menos de 15 por cento das gestações, e, quando isso acontece, a cabeça do bebê tende a funcionar como uma “rolha” na abertura do útero. (Se você se deitar, porém, vai notar a saída do líquido.)

Não é preciso correr, talvez o verdadeiro trabalho de parto demore um pouco para começar, mas avise o médico ou vá para a maternidade. Seu corpo vai produzir mais líquido amniótico até a hora do nascimento, portanto dá para esperar algumas horas pelo início do trabalho de parto, ou talvez usar medicamentos que apressem o processo.

E se a semana terminar e nada do bebê? Não precisa entrar em pânico. Só 5 por cento dos bebês nascem exatamente na data prevista para o parto. Converse com seu médico para discutir até quando vocês podem esperar pelo início do trabalho de parto.

Em muitos países, os obstetras esperam até de 10 a 14 dias após a data prevista, acompanhando a gravidez de perto. Se o médico achar que é melhor não esperar tanto tempo, ele pode optar por induzir o parto antes de partir para uma cesariana.

Como fica sua vida

O grande dia está chegando, e logo você vai estar com seu bebezinho nos braços. Não é incomum os bebês só nascerem depois da data prevista para o parto.

Não tem jeito: os últimos dias da gravidez parecem mais compridos que a gestação inteira. Concentre-se nos preparativos finais para se distrair. A mala da maternidade já foi conferida e reconferida?

Se você não tiver nenhum sinal de trabalho de parto, converse com seu médico para saber o que ele pensa da possibilidade de induzir o parto normal, antes de partir direto para a cesariana, que tem uma recuperação mais demorada.

Nas consultas com o obstetra, ele provavelmente fará um exame interno para ver se você já tem alguma dilatação no colo uterino. Faça muitas perguntas e não tenha vergonha de procurar o médico ou a maternidade em caso de preocupação ou alarme falso. Eles estão mais do que acostumados.

Você já deve ter visto na TV e em filmes aquelas cenas em que a bolsa rompe e a mulher começa a sentir dores na hora. Na vida real, não é bem assim. Só em 15% dos casos a bolsa estoura antes de o trabalho de parto começar. Veja aqui o que fazer se a bolsa estourar.

Talvez você veja um “sinal”, um pouco de sangue na calcinha ou uma substância gelatinosa, que o chamado tampão mucoso. A saída do tampão não quer dizer que o trabalho de parto seja iminente. Ele pode começar um ou dois dias depois, ou até uma semana.

Se este é seu primeiro filho, o trabalho de parto deve ser lento, mas há formas de acelerar o processo, tanto com meios naturais quanto artificiais, determinados pelo obstetra.

Visitas e faxina

O que você prefere, receber visitas em casa ou no hospital? Informe sua família da sua decisão sobre as visitas e peça ajuda para controlá-las. É muito gostoso sentir todo o carinho que cerca a chegada do seu filho, mas não se esqueça de que sua maior prioridade é seu bem-estar e o do bebê, você vai precisar de um pouco de paz para se recuperar.

Se você está sentindo uma energia extra, uma vontade de limpar tudo e arrumar a casa, aproveite! Segundo especialistas, é o instinto de preparar o ninho para a cria. Quem sabe uma boa faxina não ajuda a fazer o trabalho de parto começar de verdade?